Necessidades Educacionais Especiais e a Pedagogia, em Três Momentos de Formação1

Claudionor Renato da Silva, Juliene de Cássia Leiva Rosa

Resumo


Este artigo apresenta e discute três momentos da formação inicial de pedagogos na temática da inclusão e diversidade, tendo como foco as necessidades educacionais especiais. A metodologia qualitativa do estudo de caso foi utilizada nos três momentos da pesquisa. Nos dois primeiros momentos o instrumento utilizado para a coleta de dados foi um texto e no terceiro momento, a aplicação de questionário semi- estruturado. Os dois primeiros momentos ocorreram no início e no final do ano de 2008 e o terceiro momento, seis meses depois. Os resultados apontaram o amadurecimento profissional e pedagógico dos entrevistados, principalmente na desconstrução de mitos, medos e opiniões de senso comum relacionados à educação especial e à inclusão escolar, ao mesmo tempo em que novas construções e saberes sobre essas temáticas foram sendo organizados nas suas representações. Os indicadores quantitativos demonstraram uma considerável sedimentação das ideias e conceitos fundamentais da educação especial e inclusão, bem como da prática da inclusão escolar, condição imprescindível para que se efetive na escola uma real educação na diversidade, com qualidade e profissionalismo de um de seus principais atores de mudança: o professor.

Palavras-chave


Necessidades educacionais especiais; Formação de educadores; Inclusão; Diversidade; Pedagogia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2010.v13i1.126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340