Educação em saúde com gestantes e mães sobre noções de cuidado com o neonato

Raquel Pompeu de Miranda Freitas, Monica Karla Vojta Miranda, Anselmo Cordeiro de Souza, Cristina Zukowsky-Tavares

Resumo


Objetivo: Avaliar os resultados da implementação de uma intervenção em educação em saúde com gestantes e mães sobre noções de cuidado com o neonato na perspectiva das participantes. Metodologia: Investigação de abordagem qualitativa, delineada em pressupostos da pesquisa participante, realizada por meio de grupos focais como estratégia de diagnóstico e avaliação dos resultados de uma intervenção com 40 gestantes/mães. Resultados: Faixa etária prevalente de 14 a 26 anos de idade (72,5%), 50% primigestas e 50% multíparas, 25% relataram ter uma gestação, 12,5% duas gestações e 10% três gestações. Por meio do grupo focal diagnóstico constatou-se que algumas mães mantinham ações e hábitos equivocados e sentimentos negativos frente a práticas e cuidados de saúde do recém-nascido. No grupo focal de avaliação a experiência antes apavorante parecia atenuada e com redução de dor. Na higiene do recém-nascido houve demonstração de maior consciência do processo. Quanto à vacina e proteção, houve engajamento por parte das mães em geral. Conclusão: O conhecimento prévio das gestantes/mães acerca dos cuidados com o neonato eram empíricos e apresentavam limitações. Ao propor oficinas demonstrativas e participativas com estratégias educativas ativas foram acionados diferentes recursos e situações-problemas, que na avaliação das participantes auxiliou a promoção da saúde materna e do recém-nascido.


Palavras-chave


Educação em Saúde; Gestantes; Mães; Recém-Nascido.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2018.v21i3.554

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340