[1]
J. V. B. Cabral, L. M. de Vasconcelos, e M. M. de Oliveira, “Conhecimento dos enfermeiros e uso escala de Braden em unidades de terapia intensiva: análise da produção científica brasileira”, RBM, vol. 24, nº 1, abr. 2021.