[1]
M. L. de Araújo, “Prevalência das malformações associadas à invaginação basilar e suas manifestações clínicas”, RBM, vol. 23, nº 3, set. 2020.