https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/issue/feed Revista Brasileira Multidisciplinar 2021-06-29T14:00:19-03:00 Profa. Dra. Maria Lúcia Ribeiro revistauniara@uniara.com.br Open Journal Systems <div id="journalDescription"><p>A<strong> Revista Brasileira Multidisciplinar – ReBraM</strong> é uma das publicações do Núcleo de Produções Científicas da Uniara. É um periódico criado em 1997 (na ocasião denominado “Revista Uniara”) e, que desde então, sofreu grande evolução com o objetivo de aumentar a visibilidade e abrangência nacional e internacional, além de tornar o processo de submissão e publicação mais eficiente.</p><p>Publica artigos inéditos das mais diversas áreas da ciência que apresentem resultados originais de pesquisa, trabalhos de revisão, de divulgação, comunicações breves, resenhas nos idiomas português, inglês e espanhol produzidos por pesquisadores e/ou professores, alunos de pós-graduação, vinculados a instituições de ensino superior e institutos de pesquisa nacionais e internacionais.</p><p>Com periodicidade quadrimestral, publicando cada uma de suas novas edições nos meses de Janeiro, Maio e Setembro, entretanto, o fluxo de recebimento de trabalhos é contínuo.</p><p>Todos os artigos submetidos à revista são submetidos à avaliação de consultores <em>ad hoc </em>com experiência na área do manuscrito.</p><p>Atualmente, este periódico está <strong>indexado nas seguintes bases de dados e buscadores:</strong> ; Base - Bielefeld Academic Search Engine (Approved); Latindex (Approved); Redib (Approved); OpenAire; PKP INDEX; Gale Cengage Learning; (Approved) ; Ebsco Host (Approved); DOAJ (Approved); Portal Periódicos CAPES/MEC (Approved); Sumários (Approved )Google Scholar; Funadesp; Redalyc (em avaliação); Dialnet (em avaliação); ErihPlus (em avaliação). Esses indexadores internacionais têm como objetivo promover a divulgação e visibilidade dos artigos publicados pela revista.</p><div> </div><div><p>Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos </p></div></div><div> <img src="/public/site/images/admuni2k/Marca-ABEC-Simples_10porcento.jpg" alt="" /></div><div> </div><div> </div><div><span>Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA) </span></div><div><span><br /></span></div><div><img src="/public/site/images/admuni2k/dora200pxcolor.jpg" alt="" /></div> https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/788 Análise da produção científica de brasileiros acerca da certificação florestal 2019-11-05T13:52:46-02:00 Gabriel de Mello Freire gabrieldmellof@hotmail.com Jaqueline de Paula Heimann jaquelineheimann@yahoo.com.br Letícia Helena Ribeiro da Cunha leticia.ufv@gmail.com <p>Esta pesquisa objetivou levantar dados bibliométricos e de conteúdo sobre artigos publicados que estejam voltados para a certificação florestal no Brasil. Buscou-se dar prioridade a autores brasileiros, mesmo que tenham publicações internacionais, realizando a busca na base de dados da Scopus. Frente a isso, foram registrados 67 artigos relacionados ao tema certificação florestal “<em>forest certification”</em>, nas áreas de Ciências Sociais, Ciências Agrícolas e Biológicas, e Ciência Ambiental, nos quais foram analisados por meio do <em>software </em>VOSViewer®. A análise bibliométrica identificou artigos dos últimos vinte e três anos, bem como os principais autores, instituições, periódicos com mais citações, artigos mais citados, processar as redes de coautoria e cocitação. Elaborados os <em>clusters </em>para identificar as temáticas abordadas, os resultados mostraram uma baixa interação entre autores muito distantes em questão de instituições e diferença temporal, porém uma forte contribuição ao se tratar de autores que pertencem a mesma filiação. O estudo revelou que os autores brasileiros se concentram em uma abordagem voltada para o setor industrial e a preocupação com o impacto ambiental, revelando a necessidade de explorar a questão socioambiental.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1062 Displasia fibrosa na odontologia: entendendo a doença e como agir 2020-08-09T20:51:11-03:00 Marco Tullio Brazão-Silva marcotullio@gmail.com Ricardo Rodrigues Bacchi bacchiricardo@gmail.com Pabliano Micael Borges da Silva pablianomicael@gmail.com Marlon Santos Fernandes marlonfernandesx@gmail.com <p><strong>Objetivo: </strong>O objetivo do trabalho é relatar um caso de displasia fibrosa monostótica e apresentar achados bibliográficos importantes para o diagnóstico e conduta do cirurgião-dentista frente a esta doença. <strong>Caso clínico: </strong>A paciente de 28 anos compareceu ao consultório odontológico para avaliação de alteração percebida em boca, de crescimento lento, assintomática. Ao exame físico, apenas notou-se expansão rígida do rebordo póstero-superior esquerdo, por éticavestibular e lingual. A radiografia panorâmica revelou alteração do trabeculado em aspecto de vidro despolido. Realizada biópsia incisional confirmou-se o diagnóstico de displasia fibrosa. A revisão de literatura mostra que não é necessário tratamento em casos assintomáticos e sem desejo estético ou funcional. Dar o diagnóstico da displasia fibrosa é importante para o conhecimento do paciente sobre sua possível evolução e possíveis necessidades de tratamento. <strong>Conclusão: </strong>O cirurgião-dentista deve reconhecer e compreender essa doença para avaliar situações onde outros tratamentos são necessários e a possibilidade de realização de tratamento ortodôntico, implantodôntico, entre outros, diante a complexidade da doença.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1122 Existência e eficácia de intervenções nutricionais ‘sem dieta’ no tratamento de indivíduos com compulsão alimentar 2020-10-25T18:42:42-03:00 Nathália Stahlschmidt Petry nathaliapetrynutricionista@gmail.com Angélica de Moraes Manço Rubiatti angelicamanso@yahoo.com.br <p>Compulsões alimentares tem sido uma condição cada vez mais frequente, principalmente entre indivíduos com sobrepeso e obesidade. Porém, as intervenções nutricionais comumente trabalhadas com estes indivíduos impõem restrições alimentares, as quais podem piorar o quadro da compulsão alimentar. Assim, objetivou-se investigar na literatura a existência de intervenções nutricionais ‘sem dieta’ e sua eficácia na compulsão alimentar. Em forma de revisão bibliográfica, foram considerados nesta pesquisa os estudos entre 2007 e 2017 que conduziram intervenções nutricionais ‘sem dieta’ e avaliaram sua eficácia na compulsão alimentar. Dezoito estudos preencheram os critérios de inclusão, e trouxeram intervenções baseadas em <em>Intuitive Eating, Health at Every Size, Mindful Eating, Eating Competence</em> e outras intervenções classificadas como ‘sem dieta’. Em todos eles, observou-se a redução significante nos episódios de compulsão alimentar, além de melhora em outros aspectos do comportamento e consumo alimentares. Foi observado que, apesar de terem sido identificadas diferentes intervenções, elas tinham pontos em comum, como respeito aos sinais de fome e saciedade e quebra da mentalidade de restrição alimentar, os quais, em concordância com outros autores, podem estar no cerne da eficiência no trabalho de compulsão alimentar. Sugere-se que intervenções nutricionais ‘sem dieta’ sejam promissoras para tratamento de compulsão alimentar.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1132 Diagnóstico, tratamento e prevenção da osteonecrose maxilar relacionada a medicamentos 2020-11-02T19:14:33-02:00 Mileny Hochmuller milenybhocmuller@gmail.com Danielle Pereira Velaski daniellevelaski@gmail.com Valesca Sander Koth valesca.koth@acad.pucrs.br Silene Barbieri lenebarbieri86@gmail.com <p>A <em>osteonecrose maxilar relacionada a medicamentos </em>(MRONJ) é um raro e grave efeito adverso de terapia antirreabsortiva e/ou antiangiogênica que pode causar exposição de osso necrótico em cavidade bucal, o que implica na qualidade de vida dos pacientes. O presente trabalho teve por objetivo revisar a literatura sobre MRONJ enfatizando os critérios de diagnóstico e tratamento. As bases de dados PubMed, Scielo e Google scholar foram consultadas em busca de artigos que abordassem o tema. Embora apresente baixa resposta ao tratamento, o diagnóstico e tratamento precoce aumentam a chance de cura. Dessa forma, o acompanhamento odontológico sistemático de pacientes que estejam em terapia antirreabsortiva e/ou antiangiogênica é fundamental para a identificação de sinais ou sintomas sugestivos de MRONJ como dor, tumefação ou mobilidade dentária. Alterações radiográficas ou tomográficas como aumento da densidade óssea, esclerose óssea ou osteólise, persistência de alvéolo dentário, neoformação periosteal, espessamento da lâmina dura e estreitamento do canal mandibular podem ser indicativos da presença de necrose óssea. Como ainda não existe um tratamento universalmente aceito capaz de curar a MRONJ, a abordagem envolve paliação de sintomas e controle da infecção associada, reservando-se a remoção cirúrgica da área necrótica para casos mais graves. Salienta-se que cada caso deve ser avaliado individualmente por uma equipe multidisciplinar que permita a discussão entre a equipe de saúde bucal e equipe médica. A prevenção da MRONJ por meio da educação dos pacientes, eliminação dos fatores de risco e manutenção da saúde bucal constitui ainda a medida mais importante no manejo desses indivíduos.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/732 Disfunção temporomandibular em adolescentes e sua relação com hábitos parafuncionais 2019-09-23T11:42:54-03:00 Jorge Amancio Pitta Moraes jorgeamanciopitta@hotmail.com Gabriela Mazutti Marins gabymazutti_@hotmail.com Carlos Sanches Vargas Junior contato@carlossanches.com Ana Lucia Franco-Micheloni analu.franco@hotmail.com Karina Dela Coleta Pizzol nkpizzol@ig.com.br <p>Disfunção temporomandibular (DTM) é um termo que engloba uma série de problemas que afetam a articulação temporomandibular (ATM) e/ou os músculos da mastigação e estruturas associadas. A DTM pode manifestar-se na forma de dor na face e/ou região das ATM, comprometendo significativamente a qualidade de vida do seu portador. Fundamentada na teoria multifatorial da DTM, a literatura evidencia como fatores causais: trauma, hábitos parafuncionais, fatores estruturais, psicológicos e posturais. Embora a DTM possa afetar pacientes de todas as faixas etárias e de ambos os gêneros, seu mecanismo de ação e sua evolução são pouco explorados na fase da adolescência. Assim, este trabalho se propõe a realizar uma revisão da literatura sobre a DTM e sua relação com hábitos parafuncionais em pacientes adolescentes, abrangendo os sinais e sintomas mais prevalentes e o gênero mais atingido por essas disfunções. Foram revisados 67 artigos científicos e livros, utilizando as bases de dados PubMed, LILACs, MEDLINE, ScieELO e Google Acadêmico e as palavras-chave Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular; Hábitos e Adolescente; e seus respectivos termos em inglês. De acordo com os artigos revisados, pôde-se concluir que a DTM possui elevada prevalência na população jovem, principalmente no gênero feminino, embora sua fisiopatologia nessa faixa etária ainda seja pouco estudada. Além disso, hábitos parafuncionais, fatores estruturais, psicológicos e posturais podem aumentar a probabilidade de desenvolver sinais e sintomas de DTM.</p> <p> </p> <p> </p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/757 Determinação de umidade em madeira de hymenaea courbaril L exposta a diferentes condições de armazenamento 2019-09-19T06:59:53-03:00 Ingrid Rebouças de Moura ingridmoura@ufrn.edu.br Geovanne Lopes Cruz da Silva geovanne_lopes@hotmail.com José Carlos Gomes de Almeida josecarloss_gomes@hotmail.com Emerson Bruno da Costa e.brc17@gmail.com Wendell Rossine Medeiros de Souza wendell@ufersa.edu.br Herbert Ricardo Garcia Viana herbertviana@ct.ufrn.br <p>A secagem da madeira é um processo extremamente importante para aferir a qualidade do produto madeireiro. Esse processo, quando realizado corretamente garante a continuidade de suas características, mesmo quando exposta a condições adversas do meio ambiente. Nesse sentido, o presente artigo tem como objetivo determinar a umidade da espécie Jatobá em duas madeireiras do município de Angicos/RN, que possuem distintas formas de armazenamento da madeira, afim de identificar como as madeiras estão sendo comercializadas e até que ponto o clima pode influenciar nos valores de umidade ao longo da peça. Assim, retirou-se uma amostra de cada estabelecimento e foram confeccionados seis corpos de prova, com dimensões de 2,0 cm x 3,0 cm x 5,0 cm ao longo das fibras, como exigido pela NBR 7190/97 - Projeto de estruturas de madeira. Os ensaios foram realizados com aparelho de medição de umidade (MD 814) e pelo método de pesagem. Nas análises realizadas, observou-se pelo aparelho de medição, a instabilidade das peças quanto a umidade em ambas as madeireiras, e que a madeira pode ser superficialmente afetada pelo clima, porém conservar suas propriedades internamente.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1068 Análise estrutural de contêineres marítimos utilizados na construção civil 2020-08-18T15:41:05-03:00 Flávio Teixeira de Souza flavio.souza@ifmg.edu.br Adelmo Magalhães de França Junior adelmo.magalhaes.eng@gmail.com Arlene Maria Cunha Sarmanho arlene@ufop.edu.br <p>Uma possibilidade para a redução do déficit habitacional ou para a construção de habitações provisórias pode ser a utilização de contêineres marítimos descartados ao fim de sua vida útil na cadeia logística. Pela sua finalidade, os contêineres são estruturas robustas. No entanto, a arquitetura geralmente requer a inclusão de aberturas, a modificação das condições de apoio e o empilhamento dos contêineres, levando a condições de serviço diferentes das originalmente previstas. Este trabalho visa avaliar a influência destas modificações no comportamento estrutural dos contêineres. Para isto foi feita uma análise numérica via Método dos Elementos Finitos no programa comercial SAP2000, considerando aberturas e variações nas condições de apoio sob carregamento oriundo do empilhamento. Os resultados numéricos foram comparados a prescrições de normas brasileiras, e indicaram a viabilidade da utilização dos contêineres na construção civil na maioria das situações. No entanto, a combinação de grandes aberturas e modificações de suas condições de apoio leva a grandes deslocamentos e a elevadas concentrações de tensões, indicando a necessidade da adoção de medidas complementares para assegurar seu bom funcionamento estrutural.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1048 Qualidade de vida de mulheres na Engenharia Civil 2020-07-24T13:47:14-03:00 Caroline Urias Challouts carolineuchallouts@gmail.com Natália Quevedo dos Santos natquevedo01@gmail.com Tânia Maria Gomes da Silva tania.gomes@unicesumar.edu.br <p>No Brasil, o número de mulheres na área da engenharia civil aumentou consideravelmente nas últimas décadas. Contudo, não há igual relação de crescimento nos cargos de chefia feminina. Acredita-se que isso ocorra devido aos estereótipos de gênero enraizados na sociedade brasileira e que colocam as mulheres em posição de subalternidade. O menor reconhecimento da capacidade profissional das mulheres, somado a outras barreiras sexistas, pode ter consequências negativas em múltiplos aspectos da vida. O estudo analisou a percepção de engenheiras civis associadas ao CREA-SP acerca do preconceito de gênero na vida profissional. Fundamentou-se na aplicação de questionário abreviado WHOQOL-bref. Os dados foram analisados pelo software Excel Microsoft Corporation, apresentados por meio de gráficos e tabelas. Os resultados apontaram não haver uma relação direta entre inequidades de gênero e qualidade de vida. A pesquisa empírica evidenciou que as entrevistadas apresentavam boa qualidade de vida (627%), com o domínio psicológico apresentando menor escore (58,12%). Evidencia-se a necessidade de aprofundamento acerca da relação entre equidade de gênero e a saúde.</p> <p> </p> <p> </p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1086 Comunicação e Inteligência Artificial: Percepção de Educadores e Técnicos do IFTO - Campus Palmas sobre a Ferramenta Chatterbot 2020-10-28T15:47:05-03:00 Fátima Regina Domingos fatima.domingos@ifto.edu.br Rivadavia Porto Cavalcante riva@ifto.edu.br Mary Lucia Gomes Silveira de Senna marysenna@ifto.edu.br Weimar Silva Castilho weimar@ifto.edu.br Cláudio de Castro Monteiro ccm@ifto.edu.br <p>O presente trabalho tem como objetivo apresentar os resultados da pesquisa realizada via <em>Google Forms,</em> com os professores e técnicos administrativos educacionais de uma instituição de ensino profissional e tecnológico do Estado do Tocantins em relação aos conhecimentos e utilização da tecnologia <em>chatterbot</em> para melhoria das informações acadêmicas e administrativas. Durante a aplicação da pesquisa estabeleceu-se diálogos entre a teoria de Inteligência Artificial (IA), especialmente a virtual, e as Metodologias Ativas, no caso deste estudo, as mídias sociais que possam ser utilizadas. Com a elaboração da pesquisa, obteve-se no resultado final que os entrevistados aprovam a utilização de um <em>chatterbot</em> para viabilizar e agilizar informações de cunho acadêmico na instituição</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1290 Análise de temas ambientais desenvolvidos por professores do 1º ao 5º do ensino fundamental 2021-06-29T14:00:19-03:00 Rosely Yavorski rose2013yavorski@gmail.com Maria Lucia Ribeiro ml.ribeiro@unesp.br Flávia Cristina Sossae f.sossae@gmail.com <p>Este trabalho teve como objetivo avaliar a abordagem de temas ambientais pelos professores do Ensino Fundamental I, com formação em Pedagogia, da rede municipal da cidade de Maringá-PR. Como fonte de coleta de dados foi elaborado e aplicado questionários semiestruturados, com perguntas abertas e fechadas, a 30 professores. Os dados foram organizados em categorias procurando-se estabelecer similaridades e diferenças, as quais pudessem estabelecer um perfil das escolas estudadas e que indicasse a abordagem dos temas ambientais nas escolas em estudo. A Secretaria Municipal de Educação de Maringá, como órgão oficial de ensino, procura favorecer a atuação do professor frente às discussões dos temas ambientais. As escolas pesquisadas apresentam temas ambientais e práticas pedagógicas similares, independentemente de sua localização, população atendida e formação inicial de seus professores. Constatamos em nossas análises que esses assuntos não são eficientemente contemplados nas aulas e geralmente são apresentados pontualmente em datas comemorativas. Os professores encontram dificuldades para discutir temas ambientais de forma interdisciplinar por não estarem preparados adequadamente para a aplicação desses conteúdos. Na tentativa de justificar o despreparo, apontam dificuldades em relação ao aluno, à infraestrutura da escola e aos planos escolares, e ao mesmo tempo apresentam muitas ambiguidades frente a esses temas. A interdisciplinaridade não é contemplada e os temas discutidos nas escolas geralmente são abordados pelos professores de Ciências.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1070 Correlações biométricas entre o tamanho do antebraço e da mão de lobo-guará - Chrysocyon Brachyurus em diferentes situações de medições como subsídio para análises de pegadas 2020-08-19T12:32:49-03:00 Saulo Gonçalves Pereira saulobiologo@yahoo.com.br Daniela Cristina Silva Borges danybio@hotmail.com André Luiz Quagliatto Santos quagliatto.andre@gmail.com.br <p>A biometria tem objetiva a mensuração dos organismos observando as relações entre as medidas anatômicas. Objetivou-se fazer uma correlação estatística entre as medidas da mão, do antebraço e do coxim de <em>Chrysocyon brachyurus </em>(Illiger, 1815) avaliando se existe diferença de correlação de acordo com as diferentes fontes de medição e ainda, averiguar se tais medidas se associam ao número de ouro. Foram utilizados 16 cadáveres, pertencentes ao acervo do Laboratório de Ensino e Pesquisa de Animais Silvestres - UFU e dos museus dos Centros de Educação para o Trânsito da Polícia Militar de Patos de Minas e Unaí. O método adotado foi o quali-quantitativo e as medidas foram da distância entre a epífise distal do dedo III até o carpo, tamanho do osso rádio e do coxim. Os dados foram tabulados em planilhas e as análises estatísticas foram realizadas com o software BioEstat 5.3®. Com base nos resultados conclui-se que existe uma baixa relação da medida “coxim” com os demais dados e que a cada centímetro de acréscimo na variável “mão”, estima-se um aumento de 1,55 cm na quantidade média do tamanho do “osso rádio” e por fim, não existem evidências de que essa razão represente o número de ouro.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1032 Diversidade de vespas sociais (Hymenoptera, Vespidae) em um plantio de eucalipto no município de Barreiras, Bahia 2020-08-05T12:51:20-03:00 Eldair Santos da Silva eldsantos.2013@gmail.com Greice Ayra Franco-Assis greiceayra@yahoo.com.br <p>As vespas sociais são insetos de importância ecológica, sendo essenciais no controle biológico em diversos sistemas agrícolas. O objetivo do estudo foi amostrar e analisar a diversidade e abundância da vespifauna em dois talhões de eucalipto, bem como a eficácia dos métodos de captura, no município de Barreiras-BA, durante julho de 2017 a agosto de 2018. As coletas ocorreram mensalmente, por meio de duas metodologias: busca ativa e armadilhas atrativas. Para a análise dos dados, aplicou-se os índices de Shannon-Wiener, Berger-Parker, Constância e Eficiência. Foram coletados 26 indivíduos no TA, e 102 no TB, totalizando 128 vespas, pertencentes a sete gêneros (<em>Agelaia</em>, <em>Brachygastra</em>, <em>Clypearia</em>, <em>Metapolybia</em>, <em>Mischocyttarus</em>, <em>Polistes</em> e <em>Polybia</em>). <em>Polybia</em> foi o gênero mais abundante em ambos talhões, seguido por <em>Metapolybia</em>, <em>Agelaia</em> e <em>Brachygastra</em>. O TA apresentou uma baixa abundância e uma grande diversidade de vespas sociais, já o TB foi mais abundante e menos biodiverso do que o TA. A busca ativa foi o método mais eficaz, seguido pelo método atrativo com maracujá, sardinha e goiaba. Assim, os resultados observados sugerem a necessidade do consórcio de duas ou mais metodologias para mensurar a diversidade e abundância de vespas sociais para que espécies crípticas também possam ser contempladas.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/808 Atividade Enzimática de Fungos Presentes em Caules de Árvores Frutíferas do Cerrado Goiano 2020-04-03T00:40:36-03:00 Isabel Thayse Barbosa belthayse@outlook.com Flávia Oliveira Abrão flavia.abrao@ifgoiano.edu.br Talyta Priscila Gonçalves Fernandes da Silva talytapriscillagfsilva21@gmail.com Thiago Dias Silva thiago.zootecnia@outlook.com Daniara Rayane e Silva rayane.daniara@gmail.com Moisés Sena Pessoa moisessena@yahoo.com.br O objetivo com esse estudo foi avaliar as atividades proteolítica<br /> e pectinolítica de isolados fúngicos oriundos do caule de seis árvores frutíferas:<br /> pequizeiro, mangabeira, lobeira, muricizeiro, pimenta de macaco e marmelada.<br /> Submeteu-se 18 cepas fúngicas, em triplicata, a ensaio enzimático conforme as<br /> metodologias adaptadas de Strauss et al. (2001) e Brizzio et al. (2007), em distintos<br /> períodos (24, 48 e 72 horas). Para tratamento dos dados, utilizou-se o delineamento<br /> inteiramente ao acaso e aplicaram-se testes não paramétricos, Friedman (α= 5%)<br /> (efeito dos períodos de incubação) e Kruskal-Wallis (α= 5%) (fonte do substrato). Os<br /> isolados fúngicos apresentaram maior índice de atividade pectinolítica às 24 e 48<br /> horas de incubação (P&lt;0,05). As cepas epifíticas em meio caseína tiveram índice de<br /> atividade enzimática superior (P&lt;0,01). No tocante à planta nativa, os isolados da<br /> marmelada tiveram maior índice enzimático no respectivo meio, enquanto os das<br /> cepas oriundas da lobeira, mangabeira e pequizeiro apresentaram baixos índices<br /> (P&lt;0,01). Todos os isolados fúngicos apresentaram atividade enzimática relevante,<br /> em destaque, as cepas do gênero Malbranchea spp. obtiveram maior índice de<br /> atividade proteolítica (P&lt;0,01) e pectinolítica, em conjunto com Aspergillus spp. e<br /> Aureobasidium spp. (P&lt;0,05). Dessa forma, conclui-se que os isolados fúngicos do<br /> Cerrado possuem potencial enzimático. Como o gênero Malbranchea spp. apresentou<br /> maiores índices de atividade proteolítica, é o mais indicado para realização de futuros<br /> testes enzimáticos objetivando a aplicação das enzimas. Quanto aos outros isolados,<br /> sugere-se que novas pesquisas sejam realizadas com intuito de analisar condições<br /> ótimas para produção de proteases e pectinases. 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1081 Teste de toxicidade do lodo de curtume na germinação de alface 2020-09-02T09:49:52-03:00 Gislayne de Araujo Bitencourt gislaynebitencourt@gmail.com Loui Arthur Duarte louiarthur.du@gmail.com Valdemir Antônio Laura valdemir.laura@gmail.com <p>O processo de produção de couro do tipo <em>wet-blue </em>produz elevada quantidade de resíduos, sendo conhecido como lodo de curtume, que apresenta o cromo na sua constituição, considerado nocivo ao meio ambiente. Objetivou-se avaliar a toxicidade de lodo de curtume na germinação de <em>Lactuca sativa</em> L. (alface). Sementes de alface (cv. babá de verão) foram distribuídas em caixa gerbox contendo papel filtro umedecido com a solução de lodo nas concentrações de 0; 12,5; 25; 50; 75 e 100%, mantidas em câmara de germinação a 25 ºC, com fotoperíodo de 12 horas por cinco dias. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado com três repetições. O lodo de curtume a partir de 25% promoveu reduções em todas as variáveis avaliadas. A concentração de 100% inibiu a germinação apresentando efeitos letais de toxicidade.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/948 Armazenamento de sementes de cártamo tratadas por termoterapia 2020-07-24T13:36:36-03:00 Janine Farias Menegaes janine_rs@hotmail.com Ubirajara Russi Nunes russinunes@yahoo.com.br Rogério Antônio Bellé rogeriobelle@gmail.com Rodrigo Roso rodrigoroso@yahoo.com.br <p>A cultura do cártamo (<em>Carthamus tinctorius</em> L.) apresenta ampla aptidão de uso, desde planta ornamental a oleaginosa, com boa adaptabilidade de cultivo no país. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária das sementes de cártamo tratadas por termoterapia durante o armazenamento em diferentes embalagens. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x4x4 (tratamentos de sementes, tipos de embalagens e períodos de armazenamento), com quatro repetições. Os tratamentos das sementes foram: testemunha (sem tratamento), termoterapia via calor úmido (45º C 15 min<sup>-1</sup>) e termoterapia via calor seco (45º C 24 h<sup>-1</sup>), em embalagens foram do tipo: frasco de vidro transparente, sacos de papel Kraft, embalagem plástica de garrafa e saco plástico selado a vácuo. Os períodos de armazenamento foram: 0, 4, 8 e 12 meses, em ambiente com refrigeração em câmara fria (15º C e 40% UR). As qualidades foram avaliadas pelos testes de germinação, condutividade elétrica massal, comprimento e massa de plântulas, emergência no campo e sanidade. Observou-se que a partir de quatro meses de armazenamento houve declínio na qualidade fisiológica e sanitária das sementes de cártamo, observado pela diminuição da germinabilidade e da emergência das plântulas no campo. Portanto, o tratamento de sementes por termoterapia é eficaz quando a semeadura realizada na sequência do tratamento (24 h).</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/997 Tratamento de sementes com micronutrientes na cultura do milho (Zea Mays l.) 2020-08-03T18:15:40-03:00 Lucas Antunes da Silva lucasantunes193@hotmai.com Glauce Portela de Oliveira glauceoli@gmail.com <p>O objetivo foi avaliar o efeito do tratamento de sementes de milho (<em>Zea mays</em>) com nutrientes, no crescimento inicial de plantas em condições controladas (casa de vegetação) de acordo com protocolo comercial. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com 10 tratamentos e 5 repetições, sendo 9 tratamentos com produtos comerciais de diferentes composições e um tratamento padrão (testemunha). Aos 30 dias após a emergência realizou-se as avaliações de altura de plantas, diâmetro de caule, número de folhas, comprimento de raiz, massa seca (MS) da parte aérea e da raiz. Concluiu-se que, embora não sejam estatisticamente diferentes da testemunha, o tratamento de sementes de milho com produtos formulados promove acréscimo no comprimento de plantas de milho e incremento no alongamento e massa seca de raiz, aos trinta dias após a emergência.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/909 Sunomono de Pepino Japonês (Cucumis sativus) e do Pseudofruto de Caju (Anacardium occidentale). 2020-04-29T21:37:53-03:00 Neide Kazue Shinohara neideshinohara@gmail.com Luciano Canadas da Silva neideshinohara@gmail.com Rosely Godoi da Silva neideshinohara@gmail.com Masayoshi Matsumoto neideshinohara@gmail.com <p>O <em>sunomono</em>, conhecida técnica culinária na conservação de alimentos no vinagre, é uma prática antiga e bastante empregada na cultura japonesa, agregando características sensoriais apreciáveis e prolongamento da vida útil das hortaliças. O objetivo da pesquisa foi confeccionar <em>sunomono</em> de pepino e do pseudofruto de caju, alimentos muito apreciados no nordeste brasileiro. Foram realizados ensaios químicos para avaliação nutricional e microbiológica para comprovação de alimento seguro, atendendo legislação vigente no Brasil. Não foi detectado a presença de <em>Escherichia coli, Staphylococcus </em>coagulase positiva ou <em>Salmonella </em>spp<em>. </em>A determinação da composição centesimal de ambos os <em>sunomono</em> informam que o consumo deve ser realizado com cautela, porque o valor calórico e o percentual de carboidratos quando comparado com cada hortaliça <em>in natura, </em>apresentaram concentrações superiores, decorrente da incorporação de sacarose na preparação culinária. Entretanto, é importante observar que foram preservados as concentrações de proteínas e cinzas nas preparações finais em relação as <em>in natura</em>. Portanto, o <em>sunomono</em> se mostra como alternativa culinária viável para preservar hortaliças perecíveis e sazonais, importante grupo alimentar na dieta humana.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1085 Desenvolvimento de pasta cremosa vegetal à base de amêndoa de baru, castanha-do-brasil e cacau 2020-09-02T10:12:38-03:00 Katiuchia Pereira Takeuchi katiuchia.takeuchi@gmail.com Larissa Martins Ferreira larissa.martins@estudante.ifgoiano.edu.br Isabelly de Campos Carvalho Cabassa isabelly.campos@estudante.ifgoiano.edu.br Daniele Lima Silva danielly_llima@hotmail.com Sílvia Regina de Lima Reis silviarlima@terra.com.br Mariana Buranelo Egea mariana.egea@ifgoiano.edu.br <p>Nozes, castanhas e amêndoas apresentam composição nutricional rica em proteínas e lipídios, além de componentes bioativos com potencial antioxidante, podendo auxiliar na prevenção de doenças crônicas como as cardiovasculares. No Brasil, as amêndoas de baru e castanhas-do-Brasil vem do agroextrativismo sustentável e são fontes de renda para as comunidades locais dos biomas onde elas são nativas. Objetivou-se com este trabalho apresentar a produção de pasta vegetal cremosa à base de amêndoa de baru, castanha-do-Brasil e cacau em pó, visando agregar valor aos coprodutos e a conveniência de um alimento pronto para consumo, nutritivo e saudável. A produção da pasta cremosa consiste na trituração da amêndoa de baru e castanha-do-Brasil, de forma a obter uma pasta homogênea, seguida da adição de mel, lecitina de girassol e cacau em pó. Prossegue-se a homogeneização até obter uma mistura cremosa e estável, com aparência semelhante ao doce de leite cremoso. Em seguida, a mistura é envasada em recipientes de vidro âmbar ou de polietileno escuro. A pasta vegetal cremosa pode ser armazenada sob refrigeração por no máximo 30 dias para garantia da qualidade microbiológica, por não conter conservantes adicionados. Apresentou-se a tabela de Informações nutricionais da pasta cremosa e as informações de rotulagem exigidas pela legislação brasileira. Dessa forma, espera-se que este trabalho possa ser utilizado como forma de transferência de tecnologia para fundamentar os cuidados para a produção e comercialização de pastas cremosas à base de amêndoas, castanhas e sementes oleaginosas por empreendedores que desejam fornecer alimentos nutritivos, para consumidores que buscam saudabilidade e bem-estar.</p> <p> </p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1136 Photobiomodulatory effect of low-intensity laser radiation on multicellular spheroids 2020-11-09T17:14:45-02:00 Gabriela Gomes Cardoso Gastaldi cardoso.gastaldi@gmail.com Juliana Paula de Oliveira jjuliveira@gmail.com Jorge Vicente Lopes da Silva jorge.silva@cti.gov.br Rodrigo Alvarenga Rezende rarezende@uniara.edu.br André Capaldo Amaral acamaral@uniara.edu.br <p>Os efeitos biomoduladores da radiação laser de baixa intensidade (RLBI) em células cultivadas em condição bidimensional padrão já estão bem estabelecidos. Em contrapartida, as características desse efeito em cultivos tridimensionais (3D), atualmente recomendados devido à maior similaridade com o comportamento celular in vivo, ainda não foram amplamente investigados. O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito biomodulador da RLBI, no comprimento de onda (λ) de 685 nm, no processo de constituição e na viabilidade de células cultivadas como esferoides multicelulares (EMs). Para tal, moldes de agarose contendo micropoços foram semeados (2x10<sup>5</sup> células/ml) com células precursoras osteogênicas (CPOs - MC3T3-E1) e mantidas sob condições ideais de cultivo. Os moldes foram irradiados por cinco dias consecutivos com doses de 0.5, 1.0 e 1.5 J/cm², sendo a primeira irradiação realizada imediatamente após a semeadura. Foram analisadas o processo de constituição dos EMs e os cultivos foram submetidas ao ensaio de viabilidade celular. Os resultados demonstraram que a RLBI no λ 685 nm exerceu um efeito biomodulador dose-dependente sobre o metabolismo celular e sobre o processo de constituição dos EMs de CPOs. Estes resultados evidenciam a potencialidade da fotobiomodulação em contribuir com o processo de constituição dos EMs, podendo ser explorado nas estratégias de terapia celular utilizadas em medicina regenerativa e bioimpressão. </p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/1072 Ação do diclofenaco de sódio e do celecoxibe na cicatrização por segunda intenção de feridas cutâneas de ratos wistar tratados com óleo de girassol 2020-08-20T11:11:21-03:00 Rafael Fernandes da Silva rafesi.silva@gmail.com Amanda Carolina Souza Delfino da Rocha amandacarol22196@gmail.com Maria Amélia Alves Samprônio mariaamelia8585@gmail.com Mariana de Camargo ma_de_camargo@hotmail.com Ana Rosa Cresci ana.crisci@baraodemaua.br <p>O processo cicatricial é uma resposta do organismo frente a um dano ou agressão sofrida e que por meio de mecanismos fisiológicos, visa reparar o tecido lesado o reconstituindo e tornando-o novamente saudável. O trabalho teve como objetivo comparar os efeitos de dois anti-inflamatórios (diclofenaco e celecoxibe) na cicatrização, visto que são muito utilizados em pós-operatório e interferem no processo cicatricial. Os animais sofreram lesões cutâneas e dorsais, com aproximadamente 1 cm de diâmetro, e foram submetidos a tratamento com aplicação de óleo de girassol nas feridas, e gavagem com os dois tipos de medicamentos diferentes a cada vinte e quatro horas. Foram divididos em três grupos, sendo: G1 controle, G2 diclofenaco e G3 celecoxibe. No decorrer do processo cicatricial, foram avaliadas aos quatro, sete e quatorze dias de tratamento as seguintes características: presença de crosta leucocitária, presença de neutrófilos e basófilos, neo-vascularização, tecido de granulação e reepitelização do tecido lesado. Aos 14 dias de pós-operatório, os grupos controle e o grupo que ingeriu celecoxibe, apresentaram a ferida finamente fechada, mostrando que não houve interferência do medicamento nesse processo. Já o grupo que ingeriu diclofenaco de sódio a ferida não estava fechada totalmente, mostrando que houve atraso no processo de cicatrização.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/980 Rastreamento de sintomas de depressão em policiais penais: estudo de validação do PHQ-9 2020-06-01T18:04:23-03:00 Rodrigo de Souza rodrigopsibr@gmail.com Fabio Biasotto Feitosa fabiobfeitosa@gmail.com Tomás Daniel Menéndez Rodríguez tomasdanielm@gmail.com Leandro Aparecido Fonseca Missiatto leandro_afonseca@hotmail.com <p>A depressão é um grave transtorno psicológico que acomete cada vez mais pessoas, contudo, seu diagnóstico precoce necessita de instrumentos eficazes que possam rastrear suas sintomatologias em diversificadas bases populacionais. O objetivo deste estudo foi o de contribuir com o corrente processo de validação do questionário PHQ-9 para o uso na atenção primária em saúde pública no rastreio de sintomas depressivos. Trata-se de uma pesquisa de levantamento realizada com uma amostra de 131 policiais penais lotados no Presídio Federal de Porto Velho/RO. Utilizou-se como instrumentos de pesquisa o <em>Patient Health Questionnaire-9</em> (PHQ-9), a Escala de Hamilton (HAM-D) que serviu como regra de ouro para a verificação da eficácia do PHQ-9 no rastreio de sintomas depressivos, além de um questionário sociodemográfico para identificação do perfil da amostra. Os resultados demonstraram forte e significativa correlação ente as escalas (rho = 0,667; p &lt; 0,001) o que sugere a confiabilidade do PHQ-9 para rastreio de sintomas depressivos. Conclui-se que o PHQ-9 pode ser utilizado como instrumento confiável na rede de saúde pública por profissionais qualificados, principalmente os alocados na atenção primária, auxiliando-os no diagnóstico precoce da depressão.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/793 Brasília nos Inteiros Postais: estudos dos aerogramas e bilhetes postais brasileiros 2020-05-30T16:14:48-03:00 Henrique Costa Braga bragaseg@yahoo.com.br <p>Apesar da existência de trabalhos sobre as emissões postais de selos adesivos relacionados a Brasília, ainda não se tinha nenhum estudo sistemático sobre as emissões de inteiros postais oficiais também alusivas a Brasília, apesar da importância filatélica e postal dessas peças. Nesse trabalho foi, através de um levantamento sistemático em aerogramas e bilhetes postais oficiais brasileiros, realizado a identificação dessas emissões cuja temática Brasília está diretamente presente, independente de sua manifestação se der em primeiro ou em segundo plano. Foram identificados 12 inteiros postais oficiais brasileiros, sendo 7 aerogramas e 5 bilhetes postais. Cronologicamente o primeiro inteiro postal identificado como alusivo a Brasília foi o bilhete postal emitido em 1970 em comemoração ao VIII Congresso Eucarístico Nacional. O ícone imagético relacionado à Brasília mais encontrado nos inteiros postais foi o da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, seguido pelo Congresso Nacional e pela imagem do presidente JK.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira Multidisciplinar https://revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/574 Tratamento da classe III dentária com alça de forças paralelas – relato de caso 2020-05-27T13:42:29-03:00 Carlos Sanches Vargas-Junior contato@carlossanches.com <p> </p> <p>A má oclusão de Classe III é um tipo de desvio dentoesqueletal cuja incidência varia entre 3% e 13% da população, sendo muito difícil de se diagnosticar e tratar, e o tratamento ortodôntico precoce tem sido a principal forma de tratamento para os pacientes que apresentam esta deformidade, com envolvimento dentário e/ou esquelético. A má oclusão de Classe III de Angle apresenta o sulco mésio-vestibular do primeiro molar inferior posicionado mesialmente em relação à cúspide mésio-vestibular do primeiro molar superior. O diagnóstico adequado é indispensável para a decisão do tratamento, uma vez que pode ser observado o envolvimento de vários elementos, tais como dentes, ossos e musculatura, que caracterizam, respectivamente os tipos de Classe III dentária, esquelética e funcional. Os pacientes que são relutantes em relação à cirurgia, ou encontram-se relativamente satisfeitos com a sua aparência, recorrem a uma das únicas alternativas, que seria tratar por meio de uma compensação dentoalveolar, sem a correção do problema esquelético. O propósito deste trabalho é apresentar um caso clínico de má oclusão de Classe III de Angle, paciente R. L. (21anos), diagnosticado, através de exames clínico e radiográfico, como Classe III esquelética. Utilizou-se a filosofia de Ricketts (arco seccionado) para realizar o tratamento ortodôntico compensatório com a utilização da alça de forças paralelas para distalizar os primeiros molares inferiores, levando-os a relação de Classe I de Angle. O tratamento durou um ano e seis meses, o perfil côncavo do paciente se manteve. Concluiu-se, portanto, que o tratamento com arcos seccionados é uma excelente opção para a distalização dos molares inferiores nas más oclusões de Classe III de Angle.</p> 2021-05-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2020 Revista Brasileira Multidisciplinar