A Consulta de Enfermagem na Estratégia Saúde da Família

Raliane Talita Alberto Pereira, Viviane Ferreira

Resumo


Esta revisão de literatura tem o objetivo de prestar assistência sistematizada de enfermagem, identificando os problemas de saúde-doença, executando e avaliando cuidados que contribuam para a promoção, proteção, recuperação e reabilitação da saúde. Objetivo: identificar a percepção dos enfermeiros em relação à consulta de enfermagem na atenção básica de saúde. Metodologia: trata-se de uma revisão bibliográfica de natureza exploratória, a partir de artigos publicados na base de dados ScientificElectronic Library Online – SciELO, utilizando os descritores: Enfermagem em Atenção primária, Atenção Primária à Saúde, Programa Saúde da Família e Consulta de Enfermagem. Resultados: foram encontrados 11 artigos, publicados entre os anos de 1996 e 2011. Sob a abordagem qualitativa, buscou-se compreender o papel da consulta de enfermagem no Programa Saúde da Família – PSF, sua importância e a visão que enfermeiros e usuários têm a respeito dela. Concluiu-se que o enfermeiro valoriza a consulta de enfermagem, considera-a importante e reconhece sua potencialidade ao promover mudanças abrangentes e significativas. A área física, as instalações e os materiais também influenciam muito e a consulta de enfermagem foi percebida como contribuidora para o controle do diabetes mellitus, consistindo numa oportunidade de favorecer a adesão terapêutica. Considerações finais: a consulta de enfermagem é peça-chave do PSF. A mesma tem sido valorizada nos últimos anos, todavia, é necessária maior conscientização da população acerca de sua importância e finalidade.

Palavras-chave


Enfermagem em Atenção primária; Atenção Primária à Saúde; Programa Saúde da Família; Consulta de Enfermagem..

Texto completo:

PDF

Referências


BEZERRA, N. M. C. et al. Consulta de enfermagem ao diabético no Programa Saúde da Família: percepção do enfermeiro e do usuário.

Revista RENE, Fortaleza, v. 9, n. 1, p. 86-95 jan./mar.2008.

BORGES, I.A.L. Consulta de enfermagem, prescrição de medicamentos e solicitação de exames por enfermeiros na atenção básica à saúde. Enfermagem em Foco; n.1, p. 5- 8, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria GM/MS

nº 648 de 28 de março de 2006.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria GM/MS

nº 1625 de 10 de julho de 2007.

CAMPOS, R. M. C. et al. Consulta de enfermagem em puericultura: a vivência do enfermeiro na Estratégia de Saúde da Família. Revista da Escola de Enfermagem USP [online]. 2011, v.45, n.3, p. 566-574.

CARVALHO, B.G. et al. AOrganização do Sistema de Saúde no Brasil. In: Andrade et. al. Bases da Saúde Coletiva. Londrina: Editora UEL – Universidade Estadual de Londrina, 2001.

COFEN – Conselho Federal de Enfermagem. Resolução nº. 159/1993. Disponível em http:// site.portalcofen.gov.br/node/4241. Acesso em 23/ 02/2013.

FREITAS, C. A. S. L. et al. Consulta de enfermagem ao portador de hanseníase no território da Estratégia da Saúde da Família: percepções de enfermeiro e pacientes. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 61, n. spe, nov. 2008.

GIL, A.C. Como elaborar projeto de pesquisa.

ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MACIEL I.C.F.; ARAÚJO T.L. Consulta de

enfermagem: análise das ações junto a programas

de hipertensão arterial, em Fortaleza. Revista Latino-americana de Enfermagem, n. 11, p.207-14. março/abril, 2003 .

MADEIRA, A. M. F. O abandono da consulta de enfermagem: uma análise compreensiva do fenômeno. Revista da Escola de Enfermagem USP, v.30, n.1, p.82-92, 1996.

MENESES, A. S. Instrumento de Apoio ao atendimento de gestantes na Estratégia Saúde da Família. Revista Paulista de Enfermagem, 27, n.4, p. 222-9, 2008.

OLIVEIRA, J. C. A.; TAVARES, D. M. S.

Atenção ao idoso na estratégia de Saúde da Família: atuação do enfermeiro. Revista da escola de enfermagem USP, São Paulo, v. 44, n. 3, set. 2010.

PORTO, G. B. Do corredor ao consultório: diversidade e multifuncionalidade da consulta de enfermagem na Atenção Básica de Porto Alegre. Dissertação (Mestrado) – Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2007.

SANTOS, Z. M. D. S. A.; SILVA, R. M. D.

Consulta de enfermagem à mulher hipertensa: uma tecnologia para educação em saúde. Revista brasileira de enfermagem, Brasília, v. 56, n. 6, Dec. 2003.

SAPAROLLI, E. C. L.; ADAMI, N. P. Avaliação

da estrutura destinada à consulta de enfermagem à criança na atenção básica. Revista da escola de enfermagem USP, São Paulo, v. 44, n. 1, mar.

SILVA, M. G. A consulta de enfermagem no contexto da comunicação interpessoal: a percepção do cliente. Revista Latino- Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 6, n. 1, Jan. 1998.

VANZIN, A.S.; NERY M.E.S. Consulta de

enfermagem: uma necessidade social? Porto Alegre: RM e L Gráfica; 1996.




DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2014.v17i1.10

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340