Avaliação do Recrutamento Celular no Modelo Experimental da Esquistossomose Mansônica

Rafael Assumpção Larocca

Resumo


Sendo a Esquistossomose uma doença de grande importância médica, o conhecimento específico da reação inflamatória, assim como o entendimento da resposta imune induzida pelo S. mansoni, nos motivou neste estudo. Alguns pesquisadores demonstraram que, em modelos de cobaias ocorre reações inflamatórias induzidas por este helminto no fígado, assim como no homem. Desta forma, avaliamos a migração de leucócitos para diferentes compartimentos, e identificamos alterações histopatológicas promovidas pela parasita. Nossos achados, demonstraram aumento absoluto e percentual de eosinófilos na cavidade peritoneal e sangue de camundongos infestados pelo S. mansoni. As figuras histológicas confirmaram os achados da cavidade peritoneal onde houve um aumento significativo de eosinófilos, sugerindo que estas células migraram para a cavidade peritoneal posteriormente ao seu aumento no sangue caracterizando a resposta inflamatória intensa na infestação pelo S. mansoni neste modelo experimental.

Palavras-chave


Eosinófilos, S. Mansoni, Esquistossomose, Recrutamento Celular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2004.v8i2.321

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340