Discutindo a situação fiscal do município de Araraquara (2013-2015)

Ademil Lúcio Lopes

Resumo


O presente artigo tem como objetivo apresentar a situação fiscal do município de Araraquara focalizando principalmente o período 2013-2015, em que ocorreu o agravamento da crise econômica brasileira, destacando o impacto dela sobre a arrecadação e os gastos municipais, identificando também as principais fontes de receitas, despesas e o comportamento destas variáveis no período analisado, em um contexto de queda generalizada da arrecadação, nas três esferas de governo. As informações e dados apresentados possibilitaram inferir sobre as características das principais fontes de recursos do município, identificando aqueles mais sensíveis aos ciclos econômicos, a importância das transferências estaduais para a arrecadação, o peso de cada um dos principais impostos no volume arrecadado, além de apresentar os principais gastos efetuados com os recursos municipais. Portanto, é apresentado um quadro geral sobre a situação fiscal do município, enfatizando o comportamento das receitas mais sensíveis às mudanças na atividade econômica do país. O artigo tem caráter exploratório e descritivo, em que os dados e informações relevantes foram coletadas através de revisão bibliográfica e consultas aos sites especializados.


Palavras-chave


Crise Fiscal; Finanças Municipais; Araraquara.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2017.v20i1.503

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340