Elásticos em Ortodontia: propriedades e considerações clínicas

Mariana Gisele Rios, Karina Eiras Dela Coleta Pizzol, Nadia Lunard

Resumo


Os elásticos representam uma ferramenta importante nos tratamentos ortodônticos e ortopédicos e tem como principal característica a versatilidade em sua aplicação. Para ser eficiente, requer que o profissional realize um adequado planejamento, conhecendo seus efeitos e indicações precisas. Desta forma, o objetivo deste artigo é apresentar uma revisão sobre os tipos e as propriedades dos elásticos usados em Ortodontia, abordando suas vantagens, desvantagens, indicações e limitações quanto ao seu uso. Para a obtenção dos artigos científicos, foram utilizadas Oas bases de dados PubMed, MEDLINE, SciELO, LILACs e Google Acadêmico, além de livros de Ortodontia que abordassem o tema. Foram empregadas as palavras-chaves consultadas nos Descritores em Ciências da Saúde (DECS): Elastômeros, Terapêutica, Ortodontia e os termos equivalentes em inglês, Elastomers, Therapeutics, Orthodontics sendo selecionados artigos, dissertações e teses publicados nos últimos 15 anos (2002-2017), além de artigos clássicos da literatura. Não foram incluídos artigos de relatos de casos clínicos. Os artigos revisados mostraram que os elásticos são capazes de gerar forças leves e contínuas sendo uma ferramenta útil para fechamento de espaços, retração de caninos, correção de más oclusões de Classe II e Classe III, bem como na intercuspidação oclusal na fase de finalização. Existem vários fatores, inerentes ao material, que influenciam as propriedades mecânicas dos elásticos, como a perda de elasticidade, quantidade de força dissipada, composição e qualidade do material. Alguns fatores locais também são capazes de influencias sua ação, entre eles: composição da saliva, variações do pH, pigmentos, dieta alimentar, além de efeitos dos movimentos mandibulares. Com base na revisão da literatura, concluiu-se  que, com o avanço tecnológico e desenvolvimento dos materiais dentários, os elásticos utilizados em Ortodontia tiveram suas propriedades avaliadas e melhoradas, de forma a aumentar sua aplicabilidade como auxiliares durante os tratamentos ortodônticos e ortopédicos. Entretanto, o ortodontista deve compreender as propriedades dos elásticos de borracha e sintéticos, bem como suas limitações e riscos, para alcançar resultados clínicos mais satisfatórios.


Palavras-chave


Elastômeros; Terapêutica; Ortodontia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2018.v21i2.604

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340