Os Impactos de uma Associação sobre a Cultura Organizacional de Produtores de Citros - O Caso Associtrus

Main Article Content

Vanda Marques Burjaili Romeiro
Vera Mariza Henriques de Miranda Costa

Resumo

O objetivo do trabalho é caracterizar a atuação da Associtrus e apresentar os impactos dessa associação sobre a cultura organizacional de produtores de citros. A Associtrus, órgão representativo do segmento citrícola, foi constituída em 1974, na condição de Associação Paulista de Citricultores e, em setembro de 2003, foi transformada na Associação Brasileira de Citricultores. São tomados como foco da análise os efeitos do associativismo sobre a produção citrícola e a relação desta com o mercado. Na caracterização da atuação da Associtrus, em seu processo evolutivo, foram avaliados: objetivos e estratégias; condições estabelecidas pela associação para a inclusão de associados; atuação na defesa dos interesses do segmento e conflitos com outros segmentos; ações voltadas à conscientização da importância do associativismo; nível de adesão dos produtores. Também são apresentadas e analisadas: a curva do ciclo de vida da referida associação; as principais dificuldades pelas quais passou a entidade e que colocaram em risco sua existência; as conquistas obtidas em seu percurso e que têm viabilizado sua sobrevivência. Para a consecução do trabalho foi realizada revisão bibliográfica e desenvolvido levantamento de informações junto à entidade objeto da investigação. Concluiu-se que esse tipo de associação tem sido fundamental para o fortalecimento do segmento citrícola e que a Associtrus vem provocando, junto aos citricultores, mudanças na cultura organizacional, inclusive, na postura deles com relação ao associativismo no meio citrícola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Romeiro, V. M. B., & Miranda Costa, V. M. H. de. (2007). Os Impactos de uma Associação sobre a Cultura Organizacional de Produtores de Citros - O Caso Associtrus. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 11(1), 55-68. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2007.v11i1.230
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Vanda Marques Burjaili Romeiro, USP / IMESB / FAFIBE

Mestre em Engenharia de Produção – USP, São Carlos; Docente do Instituto Municipal de Ensino Superior de Bebedouro – IMESB e das Faculdades Integradas FAFIBE;

Vera Mariza Henriques de Miranda Costa, Centro Universitário de Araraquara – UNIARA.

Doutora em Economia e Livre Docente em Economia Brasileira; Pesquisadora do Departamento de Ciências da Administração e Tecnologia do Centro Universitário de Araraquara – UNIARA; Líder do Grupo de Pesquisa Gestão Econômica das Organizações da UNIARA, cadastrado no CNPq; Bolsista FUNADESP. Professora Adjunta Aposentada da FCL/UNESP Campus de Araraquara e Docente Voluntária da UNESP, junto à FCF, Campus de Araraquara, vinculada ao programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição, Área de Concentração em Ciências Nutricionais;