A vitivinicultura brasileira e suas dificuldades com a concorrência dos vinhos estrangeiros

Main Article Content

Daltro Cella
Carolina Gomes Theodoro
Paula Regina de Jesus Pinsetta Pavarina
Guilherme Augusto Malagolli

Resumo

A vitivinicultura é uma atividade econômica e social que tem ligações com a sustentabilidade da pequena unidade de produção rural. O Brasil é um país que tem potencial de aumentar a produção, o consumo e a rentabilidade por meio do aprimoramento da qualidade do produto final. Este estudo objetiva apresentar um panorama do mercado de vinhos enfocando as dificuldades comerciais do vinho brasileiro. A metodologia utilizada para este trabalho foi uma revisão bibliográfica a respeito da vitivinicultura e uma pesquisa quali-quantitativa por meio da análise e interpretação de dados estatísticos sobre produção, consumo, importações e exportações do setor vinícola nacional e mundial. Os resultados da pesquisa demonstraram que o Rio Grande do Sul representa 90% da produção nacional de vinhos finos. Os principais produtores mundiais de vinho são a Itália, França e Espanha com mais de 50% do vinho do mundo. Os EUA é o país que mais consome vinhos no total, seguido pela França, Itália, Alemanha, China e o Reino Unido. Os maiores exportadores de vinho é a França (30%), Itália (20%), Espanha (9,4%) e Austrália (6,2%). Os países que mais importaram vinho em 2017 foram os EUA; o Reino Unido; a China e Alemanha. Conclui-se que além da concorrência dos vinhos importados, da legislação e sua burocracia e dos impostos, o vinho nacional tem que superar as condições ambientais e climáticas para melhorar a qualidade do produto nacional. Portanto, é um desafio para toda a cadeia produtiva e pelas políticas governamentais de estímulo a produção da vitivinicultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Cella, D., Theodoro, C. G., Pavarina, P. R. de J. P., & Malagolli, G. A. (2021). A vitivinicultura brasileira e suas dificuldades com a concorrência dos vinhos estrangeiros. Revista Brasileira Multidisciplinar, 24(1). https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2021.v24i1.739
Seção
Artigo de Divulgação
Biografia do Autor

Daltro Cella, Faculdade de Tecnologia de Catanduva (Fatec Catanduva)

Professor da Fatec Catanduva e de Taquaritinga onde trabalha com as disciplinas de Administração, Economia, Comércio Internacional nos cursos de Gestão Empresarial e de Tecnologia em Agronegócios.

Referências

ALMEIDA, Alexandre Nunes; BRAGAGNOLO, Cassiano; CHAGAS, André Luis Squarize. A demanda por vinho no Brasil: elasticidade no consumo das famílias e determinantes da importação. Revista de Economia e Sociologia Rural (RESR), v.53, n.03, p. 433-454, Jul./Set. 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BEBIDAS (ABRABE). Vinho. São Paulo: DBA Dórea Books and Art. 2014. p. 30-65.

BERVIAN, Pedro Alcino; CERVO, Amado Luis; SILVA, Roberto da. Metodologia científica. São Paulo: Pearson, 2006.

CAMARGO, Umberto Almeida; TONIETTO, Jorge; HOFFMANN, Alexandre. Progressos na viticultura brasileira. Revista Brasileira de Fruticultura, v.E, p.144-149, out. 2011.

FILTER, Cássio Fernando ... (et al.). Assim não é justo: setor de vinhos finos sofre com a concorrência desleal de rótulos estrangeiros, que ingressam no Brasil com amplas facilidades tributárias. Anuário Brasileiro da Uva 2018. Santa Cruz do Sul: Editora Gazeta Santa Cruz, p. 44-47, 2017.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS (FAO). FAO/STAT. 2017. Disponível em: <http://www.fao.org/faostat/en/#data/QC>. Acesso em 20 mai. 2019.

GARCIA, Sabrina Janning; WEIBER JUNIOR, Claucir Antonio. A influência do protecionismo de mercado brasileiro no volume de vinhos importados. In: I Conferência Internacional em Gestão de Negócios (I Cingen). Cascavel: Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), 2016. p.1-16.

GO HURB. Conheça os países com maior consumo de vinho no mundo. 2018. Disponível em: <https://www.hotelurbano.com/viajantehu/conheca-os-paises-com-maior-consumo-de-vinho-no-mundo/>. Acesso em: 09 ago. 2018.

HOECKEL, Paulo Henrique de Oliveira; FREITAS, Clailton Ataídes de; FEISTEL, Paulo Ricardo. A política comercial brasileira e sua influência no setor vitivinícola. Revista Perspectiva Econômica. v.13, n.1, p.24-43, jan./jul. 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Produção Agrícola Municipal (PAM). Disponível em: < https://sidra.ibge.gov.br/tabela/1613>. Acesso em: 12 ago. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DO VINHO (IBRAVIM). Regiões produtoras. 2018. Disponível em: < https://www.ibravin.org.br/Regioes-Produtoras>. Acesso em: 09 ago. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DO VINHO (IBRAVIN). Qualidade marca a safra de uva 2018 no Rio Grande do Sul. Disponível em: < https://www.ibravin.org.br/Noticia/qualidade-marca-a-safra-de-uva-2018-no-rio-grande-do-sul/367>. Acesso em: 09 ago. 2019.

INTERNATIONAL ORGANISATION OF VINE AND WINE (OIV). Dados estatísticos. 2018. Disponível em: <http://www.oiv.int/oiv/info/enstatoivextracts>. Acesso em 12 nov. 2018.

INVESTIMENTOS E NOTICIAS. Os 10 maiores produtores de vinho do mundo. Disponível em: <http://www.investimentosenoticias.com.br/noticias/negocios/os-10-maiores-produtores-de-vinho-do-mundo>. Acesso em: 09 ago. 2019.

JULIÃO, Letícia. Competitividade da viticultura regional e brasileira: uma análise setorial e comparativa com produtores mundiais. 2015. 151 f. Dissertação (Mestrado em Administração – Área de Concentração: Economia das Organizações) – Departamento de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

LEÃO, Patrícia Coelho de Souza. Breve histórico da vitivinicultura e a sua evolução na região semiárida brasileira. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, v.7, p.81-85. 2010.

MELLO, Loiva Maria Ribeiro de. Vitivinicultura brasileira: panorama 2017. Comunicado técnico da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), n.207, p.9, out. 2018.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA). Biblioteca de Normas Vinhos e Bebidas. 2019. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/assuntos/inspecao/produtos-vegetal/legislacao-1/bebidas>. Acesso em 12 ago. 2019.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO (MAPA). Indicadores, 2019. Disponível em: <http://indicadores.agricultura.gov.br/index.htm>. Acesso em: 12 ago. 2019.

PORTAL G1. Vinho e espumante têm maior carga tributária entre produtos de Natal. 2018. Disponível em: < https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/12/14/vinho-e-espumante-tem-maior-carga-tributaria-entre-produtos-de-natal-veja-lista.ghtml>. Acesso em: 12 ago. 2019.

SAMPIETRO, Leidh Jeane. A vitivinicultura e o desenvolvimento do enoturismo de Bituruna, Paraná. 2016. 89 f. Dissertação (Mestrado) em Turismo e Hospitalidade – Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2016.

SCHNEIDER, Eduarda Maria; FUJII, Rosangela Araujo Xavier; CORAZZA, Maria Júlia. Pesquisas quali-quantitativas: contribuições para a pesquisa em ensino de ciências. Revista Pesquisa Qualitativa. São Paulo, v.5, n.9, p.569-584, dez. 2017.

SILVA, Merijane Caldeira; ALVES, Lilian Corrêa; SOUSA, Stella Magaly Andrade de. A produção de vinhos na América do Sul: comparativo entre Brasil e os países produtores de continente. In: V Seminário de Pesquisa em Turismo do Mercosul da Universidade de Caxias do Sul. 2014. Anais. Caxias do Sul: UCS, 2014. p.1-14.

SOUSA NETO, Júlio Anselmo; O vinho no gerúndio. Belo Horizonte: Gutenberg, 2006, 2ª ed., 360 p.

THE INTERNATIONAL ORGANISATION OF VINE AND WINE (OIV). State Of The Vitiviniculture World Market – april 2019. Disponível em : < http://www.oiv.int/en/technical-standards-and-documents/statistical-analysis/state-of-vitiviniculture>. Acesso em: 12 ago. 2019.

THE INTERNATIONAL ORGANISATION OF VINE AND WINE (OIV). World Vitiviniculture Situation: statistical report on world vitiviniculture, 2017. Disponível em: < http://www.oiv.int/public/medias/5479/oiv-en-bilan-2017.pdf>. Acesso em: 24 set. 2018.

THE OBSERVATORY OF ECONOMIC COMPLEXITY (OEC). Wine Trade: exporters and importers. 2019. Disponível em: <https://oec.world/en/profile/hs92/2204/>. Acesso em: 12 ago. 2019.

UVIBRA. Comercialização de Vinhos e Derivados – Empresas do RS, 2015. Disponível em <http://www.uvibra.com.br/dados_estatisticos.htm> Acesso em 12 nov 2018.