Transferência do Conhecimento de Suporte Básico de Vida para Leigos e Profissionais de Saúde: uma Revisão Integrativa

Main Article Content

Júlia Landa
Ana Maria Gammaro Baldavira Ferreira

Resumo

O objetivo do trabalho foi identificar as publicações sobre o conhecimento a respeito da reanimação cardiopulmonar, a formação dos autores, a metodologia utilizada, o ano de prevalência e suas recomendações. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, na qual se buscou artigos nas bases de dados SciELO e no Portal de Periódicos CAPES. Levantou-se 40 artigos e depois de aplicados critérios de inclusão e exclusão a amostragem final foi de 21 publicações entre 2008 e 2018. Apurou-se que a maior parte dos artigos foi publicada em 2016, prevalecendo autores que possuem formação acadêmica em Enfermagem. Os artigos utilizaram mais de estudos descritivos e transversais. Em relação às recomendações, as principais foram quanto à importância de treinamentos para leigos sobre o Suporte Básico de Vida e o uso de Desfibrilador Externo Automático. No que diz respeito aos profissionais de saúde, sugere-se a aplicação de educação continuada para assegurar a atualização do saber e aprimoramento profissional. Para o profissional enfermeiro é fundamental o conhecimento e reconhecimento sobre a Parada Cardiorrespiratória, e as publicações tendem a aumentar após as atualizações periódicas da American Heart Association, não importando a metodologia utilizada. Portanto, a principal recomendação diz respeito à necessidade de manter treinamentos periódicos regulares para a população leiga e profissionais de saúde acerca do Suporte Básico de Vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Landa, J. ., & Baldavira Ferreira, A. M. G. . (2020). Transferência do Conhecimento de Suporte Básico de Vida para Leigos e Profissionais de Saúde: uma Revisão Integrativa. Revista Brasileira Multidisciplinar, 23(2Supl.). https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2020.v23i2Supl.810
Seção
Artigos de Revisão
Biografia do Autor

Ana Maria Gammaro Baldavira Ferreira, Universidade de Araraquara – UNIARA

Docente Curso de Bacharelado em Enfermagem, Universidade de Araraquara – UNIARA.

Referências

ABDALLA, G. K. Importância da pesquisa científica para o desenvolvimento da ciência. Jornal de Ciências Biomédicas & Saúde, 2016, 2(2):45. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://publicacoes.facthus.edu.br/index.php/saude/article/view/105/Import%C3%A2ncia%20da%20Pesquisa%20Cient%C3%ADfica%20para%20o%20Desenvolvimento%20da%20Ci%C3%AAncia>.

ALVES, C. A.; BARBOSA, C. N.; FARIA, H. T. G. Parada cardiorrespiratória e enfermagem: o conhecimento acerca do suporte básico de vida. Cogitare Enferm., v. 18, n. 2, p. 296-301, 2013. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/32579/20693>.

AMERICAN HEART ASSOCIATION. AHA. Destaques da American Heart Association 2015: Atualização das diretrizes de RCP e ACE. Dallas – Texas, 2015. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <https://eccguidelines.heart.org/wp-content/uploads/2015/10/2015-AHA-Guidelines-Highlights-Portuguese.pdf>.

AMERICAN HEART ASSOCIATION. AHA. RCP, primeiros socorros e atendimento cardiovascular de emergência no mundo. Dallas – Texas, 2019. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <https://international.heart.org/pt>.

BARBOSA, I. S. L. et al. O conhecimento do profissional de enfermagem frente à parada cardiorrespiratória segundo as novas diretrizes e suas atualizações. Revista de Divulgação Científica Sena Aires, 2018, 7(2):117-126. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <http://revistafacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/view/311/221>.

BAUER, A. C. et al. Suporte básico de vida: atualização das diretrizes da American Heart Association 2017. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, 2018, 4(4):83-98. Acesso em: 19 out. 2019. Disponível em: <https://www.nucleodoconhecimento.com.br/saude/suporte-basico-de-vida?pdf=14936>.

CHEHUEN NETO, J. A. et al. Conhecimento e interesse sobre suporte básico de vida entre leigos. International Journal of Cardiovascular Sciences, 2016, 29(6):443-452. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <http://www.onlineijcs.org/sumario/29/pdf/v29n6a04.pdf>.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. COFEN. Código de ética dos profissionais de enfermagem. Resolução Cofen nº 564/2017. Brasília – DF, 2017a. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-5642017_59145.html>.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. COFEN. Diretrizes para elaboração de protocolos de enfermagem na atenção primária à saúde pelos conselhos regionais. Brasília – DF, 2018. p. 16. Acesso em: 21 out. 2019. Disponível em: <http://www.cofen.gov.br/wp-content/uploads/2019/03/Diretrizes-para-elabora%C3%A7%C3%A3o-de-protocolos-de-Enfermagem-.pdf>.

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM. COFEN. Utilização pela enfermagem do DEA – desfibrilador externo automático. Parecer Normativo nº 002/2017. Brasília – DF, 2017b. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://www.cofen.gov.br/parecer-normativo-no-0022017_48727.html>.

COSTA, V. A importância da divulgação científica. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC. 2014. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://portal.sbpcnet.org.br/noticias/tunel-da-cienciaquebraa-importancia-da-divulgacao-cientifica/>.

DIAS, L. M. N. A relevância da formação permanente dos profissionais em enfermagem. Governador Valadares: Universidade Federal de Minas Gerais, 2014. p. 34. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/4566.pdf>.

EXAME. Drones podem salvar vidas com resposta rápida a ataque cardíaco. Editora Abril, 2017. Acesso em: 12 nov. 2019. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/ciencia/drones-podem-salvar-vidas-com-resposta-rapida-a-ataque-cardiaco/>.

FELLI, V. E. A; MANCIA, J. R. A importância da pesquisa como instrumento de geração de conhecimento. Enfermagem em Foco, 2016, 7(1):7. Acesso em: 19 out. 2019. Disponível em: <http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/678>.

FERNANDES, F. L. G. et al. Dificuldades encontradas pela enfermagem durante a assistência a vítima de parada cardiorrespiratória. Journal of Medicine and Health Promotion, 2016, 1(2):189-200. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <http://jmhp.fiponline.edu.br/pdf/cliente=13-a354e0da0a9584dff4edcea8f9326482.pdf>.

FERREIRA, M. M. M.; COSTA, R. L. L.; MENEZES, R. O. M. O desfibrilador externo automático no suporte básico de vida. Revista Enfermagem Contemporânea, 2014, 3(1): 37-50. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/334/298>.

GONZALEZ, M. M. et al. I diretriz de ressuscitação cardiopulmonar e cuidados cardiovasculares de emergência da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Arq Bras Cardiol, 2013, 101(2): 1-221. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <http://publicacoes.cardiol.br/consenso/2013/Diretriz_Emergencia.pdf>.

KLEINMAN, M. E. et al. 2017 American Heart Association focused update on adult basic life support and cardiopulmonary resuscitation quality: na update to the American Heart Association guidelines for cadiopulmonary resuscitation and emergency cardiovascular care. Circulation, 2017, 137(1):7-13. Acesso em: 19 out. 2019 . Disponível em: <https://www.ahajournals.org/doi/full/10.1161/CIR.0000000000000539?url_ver=Z39.88-2003&rfr_id=ori:rid:crossref.org&rfr_dat=cr_pub%3dpubmed>.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 7. ed. São Paulo: Hucitec, Rio de Janeiro: Abrasco, 2000. p. 269.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. MEC. Professores aprenderão noções básicas de primeiros socorros. Brasília – DF, 2019. Acesso em: 12 nov. 2019. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/215-568057805/74791-professores-aprenderao-nocoes-basicas-de-primeiros-socorros>.

OLIVEIRA, M. F. Metodologia científica: um manual para a realização de pesquisas em administração. Catalão: Universidade Federal de Goiás – UFG, 2011. p. 72. Acesso em: 18 out. 2019. Disponível em: <https://adm.catalao.ufg.br/up/567/o/Manual_de_metodologia_cientifica_-_Prof_Maxwell.pdf>.

PEIXOTO, L. S. et al. Educação permanente, continuada e em serviço: desvendando seus conceitos. Enfermería Global, 2013, 12(1): 324-340. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <https://revistas.um.es/eglobal/article/view/141801>.

PIANA, M. C. A construção do perfil do assistente social no cenário educacional. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 233. Acesso em: 18 out. 2019. Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/109127/ISBN9788579830389.pdf?sequence=2&isAllowed=y>.

PIVATI, I. R.; SILVA, J. E.; SANTOS, M. V. Uso do desfibrilador externo automático (DEA) por leigos qual a realidade e dificuldades enfrentadas. Revista Científica UMC, 2019, 4(3): s/p. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://seer.umc.br/index.php/revistaumc/article/view/896>.

POLIT, D. F.; BECK, C. T. Fundamentos de pesquisa em enfermagem: avaliação de evidências para a prática da enfermagem. 9. ed. Porto Alegre: Artmed, 2018. p. 769.

POTT, F. S. et al. Algoritmo de prevenção e tratamento de úlcera por pressão. Cogitare Enferm., v. 18, n. 2, p. 238-244, 2013. Acesso em: 09 mar. 2019. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/26085/20685>.

POVEDA, V. B. A importância da pesquisa científica em enfermagem. Sobecc Nacional, São Paulo-SP. 2015. Acesso em: 19 out. 2019. Disponível em: <http://www.sobecc.org.br/entrevista/5>.

SILVA, I. R. et al. Aprender pela pesquisa: do ensino da ciência ao campo assistencial da enfermagem. Esc Anna Nery, 2017, 21(4):2-8. Acesso em: 20 out. 2019. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ean/v21n4/pt_1414-8145-ean-2177-9465-EAN-2016-0329.pdf>.

SILVA, J. K. et al. Suporte básico de vida para leigos: relato de atividades extensionistas. Rev. Ciênc. Ext., 2017, 13(1):190-203. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <http://ojs.unesp.br/index.php/revista_proex/article/viewFile/1383/1327>.

SILVA, K. R. et al. Parada cardiorrespiratória e o suporte básico de vida no ambiente pré-hospitalar: o saber acadêmico. Saúde (Santa Maria), v. 43, n. 1, p. 53-59, 2017. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <https://periodicos.ufsm.br/revistasaude/article/view/22160/pdf>.

ZANDOMENIGHI, R. C.; MARTINS, E. A. P. Análise epidemiológica dos atendimentos de parada cardiorrespiratória. Rev. Enferm. UFPE, 2018, 12(7):1912-1922. Acesso em: 08 mar. 2019. Disponível em: <https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/230822/29470>.