Movimentos sociais de moradia e a luta pelo espaço da cidade: Cenário de transformações, palco de lutas e conflitos na grande Vitória/ES na década de 1980

Main Article Content

ANDREIA FERNANDES MUNIZ
Eneida Maria Souza Mendonça

Resumo

Este trabalho objetiva apresentar e analisar a relação entre as diferentes políticas habitacionais propostas no país e o surgimento dos movimentos sociais de moradia, que emergem em um cenário urbano de crise e transformações e protagonizam, em um palco de lutas e conflitos, reivindicações que se materializaram no espaço urbano e impactaram na configuração espacial das cidades. O recorte empírico de investigação é a Região da Grande Vitória na década de 1980, época em que ocorreram intensas mobilizações sociais, influenciadas por um contexto de mudanças nacionais. O trabalho norteia-se pela revisão teórica, pela pesquisa em reportagens de jornais e relatos de atores que atuaram na luta pela moradia na época analisada. Os resultados demonstram a importância dos movimentos sociais de moradia e suas reivindicações, não resolvidas por diferentes políticas habitacionais até hoje.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
MUNIZ, A. F., & Mendonça, E. M. S. (2020). Movimentos sociais de moradia e a luta pelo espaço da cidade: Cenário de transformações, palco de lutas e conflitos na grande Vitória/ES na década de 1980. Revista Brasileira Multidisciplinar, 23(3). https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2020.v23i3.831
Seção
Comunicação Breve
Biografia do Autor

ANDREIA FERNANDES MUNIZ, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES (2005). Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Geografia (UFES) - linha de pesquisa estudos Urbanos e Regionais - Área de estudo em Habitação Social; Mestre em Engenharia Civil pela mesma instituição (2012). Especialista em Gestão Eficaz de Obras e Projetos pela Universidade Cruzeiro do Sul de São Paulo (UNICSUL), 2010. Possui curso técnico em Estradas pelo IFES (1997). É professora de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Vila Velha (UVV), pesquisadora residente e Coordenadora do Núcleo de Estudos e Práticas em Arquitetura, Engenharia e Design (NEP) da UVV, participa do grupo Dignidade Urbana do Mestrado em Arquitetura e Cidade da UVV, registrado no CNPq. Colabora e coordena Projetos de Extensão do NEP. Foi professora do curso de Engenharia Civil da Associação Educacional de Vitória (FAESA), do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Brasileira (MULTIVIX-Vitória), professora substituta do curso de Construção Civil do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFES), professora do curso de Design de Interiores (SENAC-ES), professora do curso técnico em Edificações (SENAI) e arquiteta atuante em Escritório de Arquitetura e Projetos. Atua como arquiteta na área de Construção Civil, participando da concepção, criação e construção de edificações destinadas a diversos usos (residencial, comercial, industrial e institucional). Desenvolve pesquisas e extensão nas áreas de: Habitação de Interesse Social, Sustentabilidade em edifícios escolares, Conservação da Água, Instalações Prediais de Incêndio, Compatibilização de Projetos.

Eneida Maria Souza Mendonça, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora Doutora do Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGG e do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo – PPGAU, UFES, Brasil

Referências

BONDUKI, N. Dos movimentos sociais e da luta pela reforma urbana na Constituinte ao Estatuto da Cidade. In: BONDUKI, N. (Org.). A luta pela reforma urbana no Brasil: do Seminário de Habitação e Reforma Urbana ao Plano Diretor de São Paulo. São Paulo: Instituto Casa da Cidade, 2018.

CASTELLS, M. (1972). A questão urbana. 4ª edição. Rio de Janeiro: editora Paz e Terra, 1983.

CHAFFUN, N. Dinâmica global e desafio urbano. In: BONDUKI, N.G. (Org.). Habitat: as práticas bem-sucedidas em habitação, meio ambiente e gestão urbana nas cidades brasileiras. São Paulo: Studio Nobel, 1997, p. 18-37.

CYMBALISTA, R.; MOREIRA, T. Política Habitacional no Brasil: a história e os atores de uma narrativa incompleta. In: ALBUQUERQUE, M. C. (Org.). Participação popular em políticas públicas: espaço de construção da democracia brasileira. – São Paulo: Instituto Pólis, 2006.

DENALDI, R. Assentamentos precários do tipo favela e loteamento: identificação, dimensionamento e tipologias de intervenção. In: DENALDI, R. (Org.). Planejamento habitacional: notas sobre a precariedade e terra nos Planos Locais de Habitação. São Paulo: Editora Annablume, 2013.

DOIMO, A. Perfil dos Movimentos Sociais e das ONGs na Grande Vitória em Meados dos Anos 90: A Face Integrativa em Tempos de Globalização. In: SINAIS - Revista Eletrônica. Ciências Sociais. Vitória: CCHN, UFES, Edição n.04, v.1, Dezembro. 2008. p.225-75.

DUARTE, M.P.L. A expansão da periferia por conjuntos habitacionais na Região da Grande Vitória (1964-1986). Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em História Social das Relações Políticas. Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), 2008.

GOHN, M.G. Movimentos sociais e luta pela moradia. São Paulo: Edições Loyola, 1991.

GOHN, M.G. Movimentos sociais na contemporaneidade. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v.16, n.47, maio-agosto de 2011, p. 331–361.

IJSN. Programa COM/BIRD - Subprojeto Vitória. Volumes I, II e III. 1980. Disponível em <http://www.ijsn.es.gov.br/bibliotecaonline/Record/339887>. Acesso em: 25 de junho de 2019.

IJSN. Plano Emergencial de Habitação – Grande Vitória. Grupo de Trabalho do Governo Estadual para definição de Política Habitacional, 1987. Disponível em <http://www.ijsn.es.gov.br/bibliotecaonline/Record/339887>. Acesso em: 25 de junho de 2019.

JACOBI, P. Movimentos Sociais Urbanos no Brasil: Reflexão sobre a Literatura nos Anos 70 e 80. BIB, Rio de Janeiro, 1987, n. 23 p. 18-34.

KAUCHAKJE, S. Solidariedade política e constituição de sujeitos: a atualidade dos movimentos sociais. Sociedade e Estado, Brasília, v. 23, n. 3, set./dez. 2008, p. 667-696.

LUCCHESE, M. C.; ROSSETO, R. A política urbana no governo militar (1964-1985). In: BONDUKI, N. (Org.). A luta pela reforma urbana no Brasil: do Seminário de Habitação e Reforma Urbana ao Plano Diretor de São Paulo. São Paulo: Instituto Casa da Cidade, 2018.

MARICATO, E. Habitação e Cidade. São Paulo: editora Atual, 1997.

MARICATO, E. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Rio de Janeiro: editor Petrópolis, 2013.

MARICATO, E. Erminia Maricato: "As vítimas da falta de moradia têm cor no Brasil". Disponível em <https://www.brasildefato.com.br/2019/03/25/erminia-maricato-as-vitimas-da-falta-de-moradia-tem-cor-no-brasil/>. Acesso em: 15 jun. 2019.

MOREIRA, T.H.L.; PERRONE, A. História e Geografia do Espírito Santo. Vitória: [s.n.], 2007.

SANTOS, C.N.F. Movimentos urbanos no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1981.

SANTOS, M. A urbanização brasileira. São Paulo: Editora Hucitec, 1993.

SOUZA, M. L.; RODRIGUES, G. B. Planejamento urbano e ativismos sociais. São Paulo: UNESP, 2004. 136 p.: in il. Coleção Paradidáticos; Série sociedade, espaço e tempo.

SOUZA, M.L. O desafio metropolitano: um estudo sobre a problemática sócio-espacial nas metrópoles brasileiras. 4ª edição. Rio de Janeiro: editor Bertrand Brasil, 2012.