Articulando Stakeholder: Produção, Consumo e Desenvolvimento Sustentável

Main Article Content

Valdecir José Zonin
Eugenio Ávila Pedrozo
Wilson João Zonin

Resumo

A crise ambiental é um reflexo da sociedade moderna. Nesse contexto, a Educação Ambiental surge como uma ferramenta para contribuir com a construção de um novo modelo de sociedade. Conforme proposto nos Parâmetros Curriculares Nacionais, o meio ambiente é um tema transversal e, consequentemente, a Educação Ambiental deve estar presente em todos os espaços educativos. O objetivo deste trabalho é fazer uma avaliação crítica das percepções e concepções teóricas e práticas da Educação Ambiental pelos alunos das licenciaturas em Biologia, Educação Física, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Química da Universidade Federal Fluminense. As respostas desses alunos a um questionário semiaberto foram analisadas qualitativa e quantitativamente. Nos depoimentos, a visão naturalista, seguida pela visão antropocêntrica, foi predominante. A visão contextualizada de meio ambiente esteve mais presente nos cursos de Biologia e Geografia, que formam os profissionais considerados mais aptos para atuar como educadores ambientais. Os alunos dos demais cursos se sentem muito distantes dos temas ambientais. Percebeu-se o desconhecimento, a fragmentação e a falta de discussão sobre a Educação Ambiental nesse universo de licenciandos. Dessa forma, faz se necessária a inserção de uma disciplina de Educação Ambiental em todos os cursos de licenciatura da Universidade Federal Fluminense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Zonin, V. J., Pedrozo, E. Ávila, & Zonin, W. J. (2011). Articulando Stakeholder: Produção, Consumo e Desenvolvimento Sustentável. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 14(1), 68-81. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2011.v14i1.96
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Valdecir José Zonin, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Doutorando do Centro de Pesquisas em Agronegócios.

Eugenio Ávila Pedrozo, UFRGS.

Doutor em Administração pelo Institut National Polytechnique de Lorraine (INPL), França, professor-adjunto do Programa de Pós-Graduação em Agronegócios da UFRGS.

Wilson João Zonin, UFPR.

Doutor em Desenvolvimento e Meio Ambiente, UFPR, professor do curso de Agronomia Unioeste (PR).