Ensaio do Túnel 2 do Sistema Cantareira de Adução de Água Para a Região Metropolitana de São Paulo – Resgate Histórico e Tecnológico

Hemerson D. Pinheiro, Marcius F. Giorgetti

Resumo


Este artigo resgata um trabalho realizado entre o final da década de 1960 e início da década de 1970, pela Cátedra de Mecânica dos Fluidos (precursora do Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos – Universidade de São Paulo), que teve como objetivo prever a vazão de água do Túnel 2 do Sistema Cantareira de Abastecimento de Água para a Região Metropolitana de São Paulo. Nesta galeria foi realizado um ensaio original com circulação de ar, para o qual foram desenvolvidos métodos e técnicas a fim de verificar a vazão e auxiliar no seu dimensionamento, para garantir uma adução de 33 m3 /s. Mediante o levantamento, organização cronológica e análise dos documentos produzidos pelos autores do referido ensaio, resgatam-se as influências teóricas que nortearam as metodologias, as técnicas e tecnologias, e analisam-se, de acordo com os registros documentais, a execução e resultados alcançados pelos ensaios.

Palavras-chave


Ensaio de túnel de adução; Sistema Cantareira; Relato histórico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2009.v12i2.157

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340