TCC de pedagogos(as) em formação: orientação e modelos teóricos de orientação

Claudionor Renato da Silva

Resumo


As produções no campo da educação sobre a orientação científica docente do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) vêm aumentando, consideravelmente e se concentram nas áreas da Educação a Distância e Educação em Ciências e Matemática. Contudo, estas produções, no seu conjunto, exigem uma organização e delineamento urgentes referente ao rigor científico da produção de conhecimento; necessita-se de uma epistemologia sobre a orientação docente. Na tentativa de acrescentar um item reflexivo no campo educacional, este ensaio se debruça sobre o tema, tecendo considerações sobre a orientação docente do TCC na formação inicial de pedagogos(as), privilegiando algumas linhas conceituais e teóricas: 1) teoria da afetividade na orientação; 2) teoria motivacional. Com o uso do método bibliográfico atende-se à seguinte pergunta de pesquisa: de que forma algumas linhas conceituais vêm apontando a articulação entre orientação docente, TCC e pesquisa educacional, em cursos de pedagogia e como elas se apresentam como recursos sadios e produtivos na relação orientador(a)/orientando? Ao se apresentarem as duas linhas teóricas se propõem alternativas à orientação docente e à produção dos orientandos(as). Finaliza-se o ensaio com a reflexão sobre o que se configura um “bom” TCC e o aspecto da publicização, e, para isto, se apresenta a Teoria das Restrições como modelo de gestão da produção do TCC em cursos de pedagogia para se atingir a práxis educativa com a transformação da realidade, pela pesquisa.


Palavras-chave


Orientação docente; TCC; Pedagogia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2017.v20i2.519

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340