Análise da resistência à compressão uniaxial de compósitos cimentícios com bagaço e cinzas da cana-de-açúcar

Matheus da Silva Lages, Marcela Margarida Soares Amaral

Resumo


Atualmente, a cana-de-açúcar é o produto mais produzido e exportado no Brasil, gerando uma grande quantidade de resíduos após o aproveitamento dos produtos. Este estudo tem como objetivo avaliar a adição de fibras do bagaço de cana-de-açúcar em compósitos cimentícios. Os corpos de prova foram submetidos a ensaios de compressão uniaxial para verificar a resistência, onde foi constatado que as fibras consideradas finas apresentaram aumento de resistência à compressão devido ao acréscimo da fração mássica e as fibras consideradas grossas apresentaram diminuição com o acréscimo da fração mássica no compósito cimentício. Após o ensaio observou-se que a resistência à compressão dos materiais que apresentavam fibras de bagaço de cana-de-açúcar foi inferior ao material sem fibras, contudo, o uso das fibras pode ser levado em consideração para algumas aplicações que não necessitam de grandes valores de resistência, gerando benefícios como redução da densidade do material e diminuição no uso de cimento.

Palavras-chave


Compósito cimentício; fibras de bagaço de cana-de-açúcar; resistência à compressão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2019.v22i3.719

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340