Estimativa de temperatura base e filocrono em quinoa

Main Article Content

Janete Denardi Munareto
Sandro Petter Medeiros
Janine Farias Menegaes
Ubirajara Russi Nunes

Resumo

Os modelos de simulação do desenvolvimento vegetal utilizam o intervalo de tempo entre a emissão de duas folhas consecutivas na haste principal para a alocação do aparato foliar. Esse intervalo é denominado de filocrono e representa a soma térmica acumulada a partir da temperatura base. Com o propósito de aportar informações agronômicas pertinentes às exigências térmicas da cultura da quinoa (Chenopodium quinoa Willd.), o objetivo deste trabalho foi estimar a temperatura base (Tb) e determinar o filocrono do genótipo Q13-31. O experimento foi realizado em Santa Maria, RS, em datas de semeadura: 01/12/2016, 19/01/2017, 01/04/2017, 01/05/2017, 07/10/2017, 09/11/2017, 07/12/2017 e 02/01/2018. As plantas foram cultivadas em canteiros, no delineamento de blocos ao acaso, sendo as parcelas constituídas por quatro linhas de um metro em três repetições. A soma térmica diária foi calculada a partir da data da emissão do primeiro ao quinto par de folhas e, o filocrono foi estimado pelo inverso do coeficiente angular da regressão entre número de folhas e soma térmica acumulada. A contagem do número de folhas foi realizada, a cada três dias, até a emissão do quinto par de folhas na haste principal e a temperatura base foi estimada usando o método da menor variabilidade e pela combinação dos métodos de desenvolvimento relativo e de regressão linear. Para o genótipo Q13-31de quinoa, o valor do filocrono é 28º C dia folha-1 enquanto que a temperatura base (Tb) para a emissão de folhas é de 7º C.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Munareto, J. D., Medeiros, S. P., Menegaes, J. F., & Nunes, U. R. (2021). Estimativa de temperatura base e filocrono em quinoa. Revista Brasileira Multidisciplinar, 24(1). https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2021.v24i1.1066
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Janete Denardi Munareto, Universidade Federal de Santa Maria

Graduação na Universidade Federal do Pampa- Campus Itaqui- RS. Mestrado  e Doutorado  em agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria-RS, Departamento de fitotecnia, nas áreas de fisiologia e agroclimatologia de plantas cultivadas respectivamente

Sandro Petter Medeiros, Universidad Federal de Santa Maria

Doutor, Professor do Departamento de Fitotecnia, UFSM, Santa Maria, RS, Brasil.

Janine Farias Menegaes, Universidade Federal de Santa Maria

Doutora em Agronomía, UFSM, Santa Maria, RS, Brasil

Ubirajara Russi Nunes, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor, Professor do Departamento de Fitotecnia, UFSM, Santa Maria, RSEs

Referências

ANDRADE, R. G. et al. Avaliação dos modelos beta, rcm e GDD para diferentes subperíodos Linear Heat Unit System. American Society for Horticulture Science, v. 74, n. 1, p. 430-445, 1959.

ARNOLD, C. Y. The Determination and Significance of the Base Temperature in a Linear Heat Unit System. American Society for Horticulture Science, v. 74, n. 1, p. 430-445, 1959.

BERGAMASCHI, H.; BERGONCI, J.I. Temperatura do ar em As Plantas e o Clima - Princípios e aplicações. Guaíba: Agrolivros, 2017. 351p.

BERTERO, D.; MEDAN, D.; HALL, A. J. Changes in apical morphology during floral initiation and reproductive development in quinoa (Chenopodium quinoa Willd.). Annals of Botany, v.78, n. 2, p.317-324, 1996.

BERTERO, H. D. Response of developmental processes to temperature and photoperiod in quinoa (Chenopodium quinoa Willd). Food Reviews Intemational. v. 19, n. 1, p. 87-97, 2003.

BERTERO, H. D. Effects of photoperiod, temperature and radiation on the rate of leaf appearance in quinoa (Chenopodium quinoa Willd.) under field conditions. Annals of Botany, v. 87, n. 1, p.495-502, 2001.

BOIS, J. F. et al. Response of some Andean cultivars of quinoa (Chenopodium quinoa Willd.) to temperature: Effects on germination, phenology, growth and freezing. European Journal of agronomy, v. 25, n. 3, p. 299-308, 2006.

CALLA, J. Manejo. Agronómico del Cultivo de la Quinua. Perú: Agrobanco. Guía Técnica. 2012, 40 p.

CURTI, R. N. et al. Adaptive responses of quinoa to diverse agro-ecological environments along an altitudinal gradient in North West Argentina. Field Crops Research, v. 189, n. 1, p. 10-18, 2016.

DALMAGO, G. A. et al. Filocrono e número de folhas da canola em diferentes condições ambientais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 48, n. 1, p. 573-581, 2013.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 5. ed., Brasília, DF, 2018. 156 p.

GBUR, E. E. et al. Use of segmented regression in determination of the base-temperature in heat accumulation models. Agronomy Journal, v. 71, n. 2, p. 949-953, 1979.

GONZÁLEZ, J. A. et al. Genotypic variation of gas exchange parameters and leaf stable carbon and nitrogen isotopes in ten quinoa cultivars grown under drought. Journal of Agronomy and Crop Science, v. 197, n. 1, p.81-93, 2011.

HELDWEIN, A. B. et al. A. O clima de Santa Maria. Ciência & Ambiente, v. 38, n. 4, p. 43-58, 2009.

LAGO, I. et al. Estimativa da temperatura base do subperíodo emergência-diferenciação da panícula em arroz cultivado e arroz vermelho. Revista Ceres, v. 56, n. 3, p. 288-295, 2009.

LUZ, G. L. et al. Temperatura base inferior e ciclo de híbridos de canola. Ciência Rural, v. 42, n. 9, p. 1549-1555, 2012.

MALDANER, I.C. et al. Filocrono, área foliar e produtividade de frutos de berinjela conduzidas com uma e duas hastes por planta em estufa plástica. Ciência Rural, v. 39, n. 1, p. 671-677, 2009.

MARTINS, F.S. et al. Temperatura base e filocrono em duas cultivares de oliveira. Ciência Rural, v. 2, n. 1, p.1975-1981, 2012.

MONTEIRO, J. E. B. A agrometeorologia dos cultivos. O fator meteorológico na produção agrícola. Brasília, DF: INMET, 2009. 530 p.

MÜLLER, L. et al. Temperatura base inferior e estacionalidade de produção de genótipos diploides e tetraploides de azevém. Ciência Rural, v. 39, n. 5, p.1343-1348, 2009.

PANDO, L. G.; CASTELLANOS, E. A. Guia de cultivo de la quinua. FAO. Organización de las Naciones Unidas para la Alimentación y la Agricultura e Universidad Nacional Agraria La Molina, 2016. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2019.

PEDRO Jr., M. J. et al. Temperatura base, graus-dia e duração do ciclo para cultivares de triticale. Bragantia, Campinas, v.63, n.3, p.447-453, 2004.

PETERSON, A.; MURPHY, K. M. Quinoa cultivation for temperate North America: considerations and areas for investigation. In: MURPHY, K. M.; MATANGUIHAN, J. G. Quinoa: Improvement and Sustainable Production. Hoboken: John Wiley & Sons, 2015. p.173-192.

PIVETTA, R. C, et al. Emissão e expansão foliar em três genótipos de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill.). Ciência Rural, v. 37, n. 1, p.1274-1280, 2007.

PRŽULJ, N.M.; MOMČILOVIĆ, V.M. Effect of cultivar and year on phyllochron in winter barley. Journal of Natural Sciences, v. 125, n. 1, p. 93-100, 2013.

REPO-CARRASCO-VALENCIA, R. A. M.; SERNA, L. A. Quinoa (Chenopodium quinoa, Willd.) as a source of dietary fiber and other functional components. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 31, n. 1, p. 225-230, 2011.

ROSA, H. T. et al. Filocrono de trigo em função de métodos de soma térmica. Pesquisa Agropecuária. Brasileira. v. 44, n. 2, p.1374-1382, 2009.

SOUZA, P. M. B.; MARTINS, F. B. Estimativa da temperatura basal inferior para as cultivares de oliveira Grappolo e Maria da Fé. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 29, n. 1, p. 307-313, 2014.

STRECK, N.A. et al. Estimativa do filocrono em cultivares de trigo de primavera. Revista Brasileira de Agrometeorologia, v. 13, n. 1, p.423-429, 2005.

STRECK, N.A. et al. Filocrono de genótipos de arroz irrigado em função da época de semeadura. Ciência Rural, v. 37, n. 2, p.323-329, 2007.

STRECK, N.A. et al. Temperatura base para aparecimento de folhas e filocrono da variedade de milho BRS Missões. Ciência Rural, v. 39, n. 1, p.224-227, 2009.

VASCONCELOS, F. S. Desenvolvimento e produtividade de quinoa semeada em diferentes datas no período safrinha. Revista Ciência agronômica, v. 43, n. 1, p. 510-515, 2012.

VEGA-GÁLVEZ, A. et al. Nutrition facts and functional potential of quinoa (Chenopodium quinoa Willd.), an ancient Andean grain: a review. Journal of the Science of Food and Agriculture, v. 90, n. 1, p. 2541-2547, 2010.

XUE, Q.; WEISS, A.; BAENZIGER, P.S. Predicting leaf appearance in field-grown winter wheat: evaluating linear and non-linear models. Ecological Modelling, v. 175, n. 1, p. 261-270, 2004.