Armazenamento de sementes de cártamo tratadas por termoterapia

Main Article Content

Janine Farias Menegaes
Ubirajara Russi Nunes
Rogério Antônio Bellé

Resumo

A cultura do cártamo (Carthamus tinctorius L.) apresenta ampla aptidão de uso, desde planta ornamental a oleaginosa, com boa adaptabilidade de cultivo no país. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária das sementes de cártamo tratadas por termoterapia durante o armazenamento em diferentes embalagens. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x4x4 (tratamentos de sementes, tipos de embalagens e períodos de armazenamento), com quatro repetições. Os tratamentos das sementes foram: testemunha (sem tratamento), termoterapia via calor úmido (45º C 15 min-1) e termoterapia via calor seco (45º C 24 h-1), em embalagens foram do tipo: frasco de vidro transparente, sacos de papel Kraft, embalagem plástica de garrafa e saco plástico selado a vácuo. Os períodos de armazenamento foram: 0, 4, 8 e 12 meses, em ambiente com refrigeração em câmara fria (15º C e 40% UR). As qualidades foram avaliadas pelos testes de germinação, condutividade elétrica massal, comprimento e massa de plântulas, emergência no campo e sanidade. Observou-se que a partir de quatro meses de armazenamento houve declínio na qualidade fisiológica e sanitária das sementes de cártamo, observado pela diminuição da germinabilidade e da emergência das plântulas no campo. Portanto, o tratamento de sementes por termoterapia é eficaz quando a semeadura realizada na sequência do tratamento (24 h).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Menegaes, J. F., Nunes, U. R., Bellé, R. A., & Roso, R. (2021). Armazenamento de sementes de cártamo tratadas por termoterapia. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 24(2), 120-129. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2021.v24i2.948
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Janine Farias Menegaes, Universidade Federal de Santa Maria, professora voluntária do Departamento de Fitotecnia

Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2013). Mestre em Engenharia Agrícola (UFSM, 2015), na área de concentração Agroambiental. Doutora em Agronomia (UFSM, 2019), na linha de pesquisa de desenvolvimento, avaliação e multiplicação de genótipos superiores. Graduada em Licenciatura Plena pelo Programa Especial de Graduação de Formação de Professores para a Educação Profissional (PEG; UFSM, 2015), no eixo tecnológico de Recursos Naturais. Atualmente, está como professora voluntária no Departamento de Fitotecnia da UFSM, nas disciplinas de Propagação de plantas, Paisagismo e Floricultura.

Ubirajara Russi Nunes, Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Fitotecnia

Doutor, Professor do Departamento de Fitotecnia, UFSM

Rogério Antônio Bellé, Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Fitotecnia

Doutor, Professor do Departamento de Fitotecnia, UFSM

Rodrigo Roso, UFSM

Doutorando do PPAGRO, UFSM

Referências

ABREU, L. A. S.; CARVALHO, M. L. M.; PINTO, C. A. G.; KATAOKA, V. Y. Teste de condutividade elétrica na avaliação de sementes de girassol armazenadas sob diferentes temperaturas. Revista Brasileira de Sementes, v. 33, n. 4 p. 635-642, 2011.

ABREU, L. A. S.; PINTO, C. A. G.; KATAOKA, V. Y.; SILVA, T. T. A. Deterioration of sunflower seeds during storage. Journal of Seed Science, v. 35, n. 2, p.240-247, 2013.

ABUD, H. F.; GONÇALVES, N. G.; REIS, R. G. E. S.; GALLÃO, M. I.; INNECCO, R. Morfologia de sementes e plântulas de cártamos. Revista Ciência Agronômica, v.41, n.2, p.259-265, 2010.

ALMEIDA, F. A. C.; JERÔNIMO, E. S.; ALVES, N. M. C.; GOMES, J. P.; SILVA, A. S. Estudo de técnicas para o armazenamento de cinco oleaginosas em condições ambientais e criogênicas. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v.12, n.2, p.189-202, 2010.

BESSA. J. F. V.; DONADON, J. R.; RESENDE, O.; ALVES, R. M. V.; SALES, J. F.; COSTA, L. M. Armazenamento do crambe em diferentes embalagens e ambientes: Parte I - Qualidade fisiológica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.19, n.3, p.224–230, 2015. .

BOIAGO, N. P.; FORTES, A. M. T.; KULZER, S. R.; KOELLN, F. T. S. Potencial fisiológico de sementes armazenadas de cultivares de feijão-caupi produzidas no estado do Paraná. Revista Varia Scientia Agrárias, v. 03, n.02, p. 21-32, 2013.

BORÉM, F. M.; RESENDE, O.; MACHADO, J. C.; FONTENELLE, I. M. R.; SOUSA, F. F. Controle de fungos presentes no ar e em sementes de feijão durante armazenamento. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.10, n.3, p.651–659, 2006.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n. 45. Brasília. MAPA. 2013, 38p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de Análise Sanitária de Sementes. Brasília: MAPA, 2009b. 200p.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para Análise de Sementes. Brasília: MAPA, 2009a. 395p.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 588p.

COSTA, C. J. Armazenamento e conservação de sementes de espécie do Cerrado. Planaltina: EMBRAPA Cerrados, 2009. 30p.

COUTINHO, W. M.; PEREIRA, L. A. A.; MACHADO, J. C.; FREITAS-SILVA, O.; PENA, R. C. M.; MAGALHÃES, F.H.L. Efeitos de hipoclorito de sódio na germinação de conídios de alguns fungos transmitidos por sementes. Fitopatologia Brasileira, v.25, n.3, p.552-555, 2000.

EMONGOR, V.; OAGILE, O. Safflower production. Botswana: The Regional Universities Forum for Capacity Building in Agriculture - RUFORUM. 2017. 67p.

FAOSTAT. Food and Agriculture Organization of the United Nations Statistics Division. Crops: Safflower. 2017. Disponível em: <http://faostat3.fao.org/browse/Q/QC/E>. Acesso em: 20 mar. 2018.

FERREIRA, D. F. Sisvar: A guide for its bootstrap procedures in multiple comparisons. Ciência e Agrotecnologia, v.38, n. 2, p.109-112, 2014.

FORTES, F. O.; LÚCIO, A. D.; LOPES, S. J.; CARPES, R. H.; SILVIRA, B. D. Agrupamento em amostras de sementes de espécies florestais nativas do Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Ciência Rural, v.28, n.6, p.1615-1623, 2008.

GAMA, J. S. N.; ARAUJO NETO, A. C.; BRUNO, R. L. A.; PEREIRA JUNIOR, L. R. P.; MEDEIROS, J. G. F. Thermotherapy in treating fennel seeds (Foeniculum vulgare Mill.): effects on health and physiological quality. Revista Ciência Agronômica, v. 45, n. 4, p. 842-849, 2014.

JOSÉ, S. C. B. R.; SALOMÃO, A. N.; COSTA. T. S. A.; SILVA, J. T. T. T.; CURI, C. C. S. Armazenamento de sementes de girassol em temperaturas subzero: aspectos fisiológicos e bioquímicos. Revista Brasileira de Sementes, v.32, n.4 p.029-038, 2010.

KRYZANOWSKI, F. C.; VIEIRA, R. D.; FRANÇA NETO, J. B. Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES, 218 p. 1999.

MACHADO, J. C. Tratamento de sementes no controle de doenças. Lavras: UFLA, 2000. 138 p.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n.2, p.176-177, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. ABRATES: Londrina, 2015. 650p.

MENTEN, J. O.; MORAES, M. H. D. Tratamento de sementes: histórico, tipos, características e benefícios. Informativo ABRATES, Brasília, v. 20, n. 3, p. 52-53, 2010.

NAKAGAWA, J. Testes de vigor baseados na avaliação das plântulas. In: KRZYZANOSWKI, F.C.; VIEIRA, R.D.; FRANÇA NETO. J.B. Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES. 1999. 218p.

OGUT H., OGUZ H., Biodiesel: Third Millennium Fuel. Nobel Publication, n.745, p.55- 60. 2006.

REVERBERI, M.; RICELLI, A.; ZLALIC, S.; FABBRI, A. A.; FANELLI, C. Natural functions of mycotoxins and control of their biosynthesis in fungi. Applied Microbiology and Biotechnology, v. 87, n. 3, p. 899-911, 2010.

SILVA, H. W.; SOARES, R. S.; VALE, L. S. R.; RODOVALHO, R. S. Qualidade de sementes de pimenta durante o armazenamento em diferentes embalagens. Acta Iguazu, v.7, n.3, p.76-84, 2018.

VECHIATO, M. H.; PARISI, J.J.D. Importância da qualidade sanitária de sementes de florestais na produção de mudas. Biológico, v.75, n.1, p.27-32, 2013.

VILLELA, F. A.; MENEZES, N. L. O potencial de armazenamento de cada semente. Revista Seed News, v.8, p.22-25, 2009.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)