Do Difusionismo às Novas Perspectivas da Extensão Rural: Ações Extensionistas em Ibitiara-Ba

Main Article Content

Alvaro Antonio Xavier de Andrade
José Ambrósio Ferreira Neto
Marcelo Leles Romarco de Oliveira
Gustavo Bianch Silva
Diego Camelo Moreira

Resumo

No presente ensaio apresentamos uma breve descrição do processo histórico da extensão rural no Brasil, do difusionismo e acontecimentos oriundos deste processo. Posteriormente, é feita uma abordagem sobre a nova perspectiva da extensão rural, que busca dar importância aos conhecimentos e saberes tradicionais das comunidades locais, desenvolver melhor integração entre extensionistas e agricultores, procurando melhorar os trabalhos desenvolvidos pelos serviços de Assistência Técnica Rural - ATER, visando alcançar a sustentabilidade dos processos produtivos e satisfazer as expectativas dos agricultores. Em seguida, é apresentada a extensão rural no município de Ibitiara, na Bahia, a partir de um recorte dos trabalhos desenvolvidos por uma equipe, da qual o primeiro autor desse trabalho fez parte como extensionista entre os anos de 2008 e 2011. Os trabalhos desenvolvidos apontam para o potencial das práticas extensionistas em melhorar as condições socioeconômicas dos agricultores familiares, e diminuir as práticas clientelistas pelo poder público local, bastante comum em pequenos municípios do semiárido, além de potencializar o desenvolvimento sustentável para a região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
de Andrade, A. A. X., Neto, J. A. F., de Oliveira, M. L. R., Silva, G. B., & Moreira, D. C. (2013). Do Difusionismo às Novas Perspectivas da Extensão Rural: Ações Extensionistas em Ibitiara-Ba. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 16(2), 93-106. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2013.v16i2.66
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Alvaro Antonio Xavier de Andrade, Universidade Federal de Viçosa.

Mestrando em Extensão Rural do Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa.