Arborização de Vias Públicas: O Caso do Bairro Jardim Águas do Paiol, em Araraquara, Sp-Brasil

Main Article Content

Washington Lucas Miranda
Flávia Cristina Sossae
João A. Silva da Sé
Zildo Gallo

Resumo

A arborização urbana em calçadas é fundamental para a manutenção da qualidade de vida, proporcionando conforto aos habitantes das cidades. Contudo, existem problemas causados, principalmente, pela falta de planejamento na implantação e no manejo da arborização. Os objetivos do presente trabalho foram realizar análises qualitativas e quantitativas dos indivíduos arbóreos e avaliar o índice de área verde por habitante do bairro Jardim Águas do Paiol, no município de Araraquara-SP. Por meio de inventário, foram encontradas 159 árvores pertencentes a 15 famílias, sendo que Licania tomentosa (Benth.) Fritsch (oiti) foi a mais frequente, com 23,71%, e a encontrada com menor frequência foi Schinus lentiscifoluis (pimenteira), com 1,92%. A área total de copa das árvores encontradas nas ruas e avenidas do bairro foi de 1.817,82 m², e o índice de área verde foi 18,43 m²/habitante. A maioria das árvores plantadas nas calçadas não está em conflito com as redes elétrica e telefônica aéreas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Miranda, W. L., Sossae, F. C., da Sé, J. A. S., & Gallo, Z. (2011). Arborização de Vias Públicas: O Caso do Bairro Jardim Águas do Paiol, em Araraquara, Sp-Brasil. Revista Brasileira Multidisciplinar, 14(1), 30-38. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2011.v14i1.93
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Washington Lucas Miranda, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Biólogo.

Flávia Cristina Sossae, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Doutora em Ciências Biológicas; docente do Curso de Ciências Biológicas e pesquisadora do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente.

João A. Silva da Sé, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Doutor em Ciências da Engenharia Ambiental; docente, orientador e pesquisador do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente.

Zildo Gallo, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Doutor em Geociências; docente, orientador e pesquisador do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente.