ARBORIZAÇÃO VIÁRIA NO BAIRRO JARDIM DAS FLORES, NO MUNICÍPIO DE DOURADO (SP)1

Vanessa Gramignolli, Zildo Gallo, Flávia Cristina Sossae, Oriowaldo Queda

Resumo


Este trabalho buscou identificar as espécies de árvores já plantadas e verificar a sua interferência em calçadas e na rede aérea de telefonia e de eletricidade no bairro Jardim das Flores, no município de Dourado (SP). As espécies foram identificadas e classificadas. As condições das calçadas foram observadas e as árvores, cujas copas atingiram a rede aérea, foram enumeradas. Foram encontradas 35 espécies, num total de 254 indivíduos (62% das plantas exóticas e apenas 38% nativas). A maioria das calçadas com árvores não possuíam pavimentação (46,25%) ou apresentava danos (16,25%); apenas 37,5% estavam em boas condições. Dos 254 indivíduos catalogados, 9,06% conflitavam com a fiação mais baixa (telefonia); destas, 10 árvores também atingiram a rede de baixa tensão, e quatro ainda alcançaram a rede de alta tensão. A maioria das árvores (90,94%) não estava em conflito com a rede aérea. O estudo revelou que a diversidade de espécies é adequada à arborização urbana, mas falta planejamento e orientação aos moradores quanto à escolha das espécies.


Palavras-chave


Arborização Urbana; Infraestrutura Urbana; Levantamento Florístico

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTIN, R.M.; ANGELIS, R.; ANGELIS NETO, G.; ANGELIS, B.L. Diagnóstico qualiquantitativo da arborização viária de Nova Esperança, Paraná, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 3, p. 128-148, 2011.

BAKER, L.A.; BRAZEL, A.J.; SELOVER, N.; MARTIN, C.; McINTYRE, N.; STEINER, F.R.; NELSON, A.; MUSACCHIO, L. Urbanization and warming of Phoenix (Arizona, USA): impacts, feedbacks and mitigation. Urban Ecosystems, v.6, p.183-203, 2002.

BARGOS, D.C.; MATIAS, L.F. Áreas verdes urbanas: um estudo de revisão e proposta conceitual. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 3, p.172-188, 2011.

BLUM, C.T; BORGO, M., SAMPAIO, A.C.F. Espécies exóticas invasoras na arborização de vias públicas de Maringá-PR. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, Piracicaba, v.3, n.2, p.78-97, 2008.

BRANDÃO, I.M.; GOMES. L.B.; SILVA, N.C.A.R.; FERRARO, A.C.; SILVA, A.G.; GONÇALVES, F.G. Análise quali-quantitativa da arborização urbana do município de São João Evangelista-MG. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 4, p. 158-174, 2011.

BRUN, F.G.K.; LINK, D.; BRUN, E.J. O emprego da arborização na manutenção da biodiversidade de fauna em áreas urbanas. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 2, n. 1, p. 117-127, 2007.

DANTAS, I.C.; SOUZA, C.M.C. Arborização na cidade de Campina Grande-PB: inventário e suas espécies. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 4, n. 2, 19p, 2004.

DONOVAN, G.H.; BUTRY, D.T. Trees in the city: Valuing street trees in Portland, Oregon. Landscape and Urban Planning, v. 94, p. 77-83. 2010.

ESCOBEDO, F.J.; NOWAK, D.J. Spatial heterogeneity and air pollution removal by an urban forest. Landscape and Urban Planning, v. 90, p. 102-110, 2009.

GOOGLE EARTH. Google Earth for Windows. Version 6.2.2.6613: Google Inc., 2012.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo 2010: população do Brasil é de 190.732.694 pessoas. Acesso em: 12 dez. 2012a. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/ noticia_visualiza.php?id_noticia=1766. IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades. Disponível em: http://www.censo2010. ibge.gov.br/apps/mapa/. Acesso em: 23 out. 2012b. IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades: Histórico. Disponível: http://www.ibge. gov.br/cidadesat/historicos_cidades/historico_ conteudo.php?codmun=351430. Acesso em: 24 out. 2012c.

INSTITUTO FLORESTAL. Mapa florestal dos municípios do Estado de São Paulo: Dourado. In: Inventário Florestal do Estado de São Paulo. Disponível em: http://www.iflorestal. sp.gov.br/sifesp/estadosaopaulo/dourado. pdf?opcoes=estadosaopaulo%2Fdourado.pdf. Acesso em: 25 out. 2012.

KADIR, M.A.A.; OTHMAN, N. Towards a better tomorrow: street trees and their values in urban areas. Procedia - Social and Behavioral Sciences, v. 35, p. 267-274, 2012.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Plantarum, v. 2, 1998. 373 p.

LORENZI, H.; SOUZA, H.M. de; TORRES, M. A. V.; BACHER,L.B. Árvores exóticas no Brasil: madeiras, ornamentais e aromáticas. Nova Odessa: Plantarum, 2003.367 p.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa: Plantarum, 2008, v. 1. 532 p.

MARANHO, A.S.; PAULA, S.R.P.; LIMA, E.; PAIVA, A.V.; ALVES, A.P. Levantamento censitário da arborização urbana viária de Senador Guiomard, Acre. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 7, n. 3, p. 44-56, 2012.

MARTINS, L.F.V.; ANDRADE, H.H.B.; HANISCH, R.F.; ANGELIS, B.L.D.; CAXAMBU, M.G. Análise da compatibilidade da arborização viária com o ambiente construído na cidade de Luiziana, Paraná, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 3, p. 103-127, 2011.

MILANO, M.S., DALCIN, E.C. Arborização de vias públicas. Rio de Janeiro, RJ: Light, 2000. 226p.

MIRANDA, W.L.; SOSSAE, F.C.; SÉ, J.A.S.; GALLO, Z. Arborização de vias públicas: o caso do bairro Jardim Águas do Paiol, em AraraquaraSP, Brasil. Revista UNIARA, v. 14, n. 1, p. 30-38, 2011.

OLIVEIRA JUNIOR, A.V.C. Redução dos custos operacionais de empresas de distribuição de energia através da adequação da arborização urbana. In: CURSO EM TREINAMENTO SOBRE PODA EM ESPÉCIES ARBÓREAS FLORESTAIS E DE ARBORIZAÇÃO URBANA. Piracicaba/SP: Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, 1996, 9p.

PELEGRIM, E.A.L.; LIMA, A.P.L.; LIMA, S.F. Avaliação qualitativa e quantitativa da arborização no bairro Flamboyant em Chapadão do Sul, MS. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 7, n. 1, p. 126-142, 2012.

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO. Institucional: dados gerais. Disponível em: http://www.dourado.sp.gov.br/Pagina/Default. aspx?IDPagina=15. Acesso em: 23 out. 2012.

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADO. Projeto completo: arruamento e loteamento do bairro Jardim das Flores. Dourado: São João Empreendimentos Imobiliários Ltda., Escala 1:1000, 1977.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACICABA. Manual de normas técnicas de arborização urbana. Piracicaba: Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, 2007. 46p.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS. Disque árvore. Disponível em: www.saocarlos. sp.gov.br/index.php/disque-arvore.html. Acesso em: 28 out. 2012.

ROCHA, R.T.; LELES, P.S.S.; OLIVEIRA NETO, S.N. Arborização de vias públicas em Nova IguaçuRJ: o caso dos bairros Rancho Novo e Centro. Sociedade de Investigações Florestais, v. 28, n. 4, p. 599-607, 2004.

ROSSATTO, D.R; TSUBOY, M.S.F.; FREI, F. Arborização urbana na cidade de Assis-SP: uma abordagem quantitativa. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 3, n. 3, p. 1-16, 2008.

SARTORI, R.A.; BALDERI, A.P. Inventário da arborização urbana do município de Socorro–SP e proposta de um índice de danos à infraestrutura das cidades. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 4, p. 68-89, 2011.

SILVA, F.F.; FIDELIS, M.E.A.; CASTRO, P.F. Arborização e acessibilidade em calçada: comentários sobre o deslocamento entre campi da Universidade Federal Fluminense. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana, v. 6, n. 3, p.43-63, 2011.

SILVA FILHO, D.F. Silvicultura urbana: o desenho florestal da cidade. In: Instituto de Pesquisa e Estudos Florestais. Disponível em: www.ipef.br/silvicultura/urbana.asp. Atualização: 2003. Acesso em: 20 out. 2012.

SILVA FILHO, D.F.; PIVETTA, K.F.L.; COUTO, H.T.Z.; POLIZEL, J.L. Indicadores de floresta urbana a partir de imagens aéreas multiespectrais de alta resolução. Scientia Forestalis, n. 67, p.88100, 2005.

SILVA FILHO, D.F.; PIZETTA, P.U.C.; ALMEIDA, J.B.S.A.; PIVETTA, K.F.L.; FERRAUDO, A.S. Banco de dados relacional para cadastro, avaliação e manejo da arborização em vias públicas. Revista da Sociedade de Investigações Florestais, v. 26, n. 5, p. 629-642, 2002.

SOUZA, V. C.; LORENZI, H. Botânica Sistemática: Guia ilustrado para identificação das famílias de Angiospermas da flora brasileira, baseado em APG II. Nova Odessa: Plantarum, 2008. 640p. 2008.

ZHU, P.; ZHANG, Y. Demand for urban forests in United States cities. Landscape and Urban Planning, v. 84, p. 293-300, 2008.




DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2016.v19i1.368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340