Análise microbiológica de suco de laranja in natura armazenados em refresqueira elétrica

Jessica Caroline Siqueira Lopes Godoi, Lizandra Ferreira de Almeida e Borges, Claudete de Freitas, Lícia Ludendorff Queiroz, Janaína Aparecida João Nazário

Resumo


O suco de laranja está entre os mais consumidos do mundo devido ao seu sabor agradável e alto valor nutricional. No presente estudo, avaliamos as características microbiológicas de sucos de laranja comercializados e armazenados ou não em refresqueira elétrica na cidade de Uberlândia, Minas Gerais.Para isso foram realizadas a contagem total de bactérias mesófilas, determinação de coliformes totais e termotolerantes e análise da presença de Staphylococcuscoagulase positiva, Escherichiacoli e Salmonellaspp e a comparaçãodos resultados encontrados com a legislação vigente. Das amostras,30%não estavam em conformidade com a legislação para coliformes termotolerantes, nenhuma amostra estava contaminada por Salmonella e 40% apresentaramStaphylococcuscoagulase positiva, em ambos os tipos de produto armazenado ou não, portanto, oferecendo risco à saúde do consumidor final. Com isso concluímos que a condição higiênico-sanitária da maioria dos estabelecimentos e a higiene pessoal dos manipuladores não eram adequadas pois permitiram a contaminação do produto, fazendo-se necessária o incentivo dos manipuladores sobre as Boas Práticas de Manipulação e o treinamento dos mesmos.


Palavras-chave


Suco de laranja; armazenamento; análise microbiológica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2017.v20i2.460

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340