Insetos Aquáticos Associados a Macrófitas Submersas com Diferentes Complexidades Morfológicas

Douglas F Peiró, Hugo H Saulino, Guilherme Rossi Gorni, Juliano José Corbi, Adrie Pool Vante, Gabriele Amaral

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a diversidade e a estrutura da comunidade de insetos aquáticos associadas à macrófitas aquáticas submersas com diferentes complexidades morfológicas com relação às estruturas foliares. As coletas ocorreram em períodos seco e chuvoso, no Ribeirão das Anhumas, Américo Brasiliense/SP. Foram analisadas quatro espécies de macrófitas submersas: Vallisneria sp., Eleocharis sp., Egeria najas e Ottelia sp. A entomofauna coletada foi identificada até o nível de família, com exceção de Chironomidae, identificada até nível de tribo. A estrutura da comunidade foi analisada através dos índices de diversidade de Simpson, Equitabilidade de Pielou, participação relativa de categoria funcional e dominância de táxons. A composição faunística entre os diferentes períodos de coleta foi analisada por meio de uma n-MDS com índice de Morisita. A estrutura da comunidade de insetos associada a macrófitas, com diferentes morfologias estruturais, foi analisada por meio da similaridade, calculada pelo índice de Bray-Curtis. Foram identificadas 17 famílias pertencentes a cinco ordens, de um total de 1642 espécimes. A família Hydropsychidae (Trichoptera) apresentou eudominância (52,6%), seguidas pela tribo Pentaneurini (Chironomidae) (13,8%) e da família Trichoryithidae (Ephemeroptera) (10%). Os resultados demonstram que não houve grandes variações da diversidade entre as espécies de macrófitas analisadas e períodos de coleta. Os grupos funcionais predadores e coletores foram predominantes. A análise de n-MDS indicou ausência de variação entre os períodos de coleta. A análise de similaridade indicou que as macrófitas E. najas e Otellia sp. possuem estrutura faunística similar, diferenciando-se das demais espécies analisadas. Os resultados demonstraram que a estrutura morfológica das macrófitas pode apresentar distintas estruturas de comunidades de insetos aquáticos.

Palavras-chave


Entomofauna aquática; Hidrófitas; Sistema lótico; Córrego de baixa ordem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2013.v16i1.51

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340