Vigilância e epidemiologia de infecções hospitalares causadas por Staphylococcus aureus em um hospital Universitário na cidade de Uberlândia-MG

Main Article Content

Ana Laura Cunha Pereira
Samantha Neves de Oliveira
Helisângela de Almeida Silva

Resumo

 

As infecções relacionadas à assistência à saúde são aquelas adquiridas durante o período de permanência dos pacientes em unidades de saúde. Este trabalho avaliou infecções causadas por Staphylococcus aureus no Hospital de Clínica da Universidade Federal de Uberlândia. O estudo foi uma investigação longitudinal e prospectiva,  no período de novembro/2015 a outubro/2016, onde as amostras estudadas foram identificadas pelo laboratório de Microbiologia do HC-UFU utilizando o sistema automatizado VITEK®2. Foram isolados 62 amostras de S. aureus, sendo 29 MRSA e 33 MSSA. A principal síndrome infecciosa encontrada foi a infecção de corrente sanguínea seguida de infecções de sítio cirúrgico. As unidades de UTI (neonatal, pediátrica, adulta) foram as que mais apresentaram infecções por S. aureus e posteriormente a clínica médica.  De acordo com o perfil de resistência, 29 pacientes eram resistentes a Oxacilina, 54 a Benzilpenicelina e nenhuma a Vancomicina. Com base nestes  dados salientamos a importância de estudos como este para monitorar os índices de resistência nos hospitais.

 

Palavras chave: IRAS, MRSA, MSSA, Resistência bacteriana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Pereira, A. L. C., de Oliveira, S. N., & Silva, H. de A. (2022). Vigilância e epidemiologia de infecções hospitalares causadas por Staphylococcus aureus em um hospital Universitário na cidade de Uberlândia-MG. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 25(2), 87-96. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2022.v25i2.1071
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Ana Laura Cunha Pereira, Instituto de Biologia Universidade Federal de Uberlândia

Curso de Ciências Biológicas

Samantha Neves de Oliveira, Instituto de Biologia Universidade Federal de Uberlândia

Curso de Ciências Biológicas

Helisângela de Almeida Silva, Instituto de Ciências Biomédicas Universidade Federal de Uberlândia

Departamento de Microbiologia

Referências

ARANTES, T.; PAIXÃO, G. O. D.; SILVA, M. D.; CASTRO, C. S. A. Avaliação da

colonização e perfil de resistência de Staphylococcus aureus em amostras de secreção nasal

de profissionais de enfermagem. Revista Brasileira de Farmácia, Rio de Janeiro, v.94, n. 1,

p. 30-34, fev. 2013.

ANDERSON, D. J.; KAYE, K. S. Staphylococcal surgical site infections. Infectious disease clinics of North America, v. 23, n. 1, p. 53-72, 2009.

BADDOUR, M. M.; ABUELKHEIR, M. A.; FATANI, A. J. Trends in antibiotic susceptibility patterns and epidemiology of MRSA isolates from several hospitals in Riyadh, Saudi Arabia. Annals Clinical Microbiology Antimicrobials, Estados Unidos, v. 5, n.30, p. 267-299, 2006.

CAMILO, N.C. Investigações de biofilme associadas ao tipo de SCCmec em amostras de

Staphylococcus aureus. 2014. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso- Universidade Federal

de Uberlândia, Uberlândia, 2014.

CARVALHO, R.H.; VIEIRA, J.F.; GONTIJO-FILHO, P.P.; RIBAS, R.M. Sepse, sepse grave

e choque séptico: aspectos clínicos, epidemiológicos e prognóstico em pacientes de unidade

de terapia intensiva de um hospital universitário. Revista da Sociedade Brasileira de

Medicina Tropical. Uberaba, v. 43, n. 5, p.591-593, set. 2010.

DELGADO, J.C.; MARQUES, E.A.; WERNECK, G.L. Epidemiologia das infecções

causadas por S. aureus resistentes a meticilina com perfil comunitário (CA-MRSA) em

pacientes atendidos em um hospital terciário no Rio de Janeiro. 2011. 89 f. Dissertação.

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Ciências Médicas. Pós – graduação

em Ciências Médicas , 2011.

DUARTE, F. C.; DANELLI, T.; RIBEIRO, M. A. G.; PERUGINI, L. F; VESPERO, E. C.; CARRARA-MORRONI, F. E.; PELISSON, M.; YAMAUCHI, L. M.; YAMADA-OGATTA, S. F.; PERUGINI, M. R. E. Bacteremia causada por Staphylococcus aureus: Uma análise de quinze anos da sensibilidade a antimicrobianos em um hospital terciário do Brasil. Revista de epidemiologia e controle de infecções. Santa Cruz do Sul, v.8, n.3, jul. 2018.

FERNANDES, A. T. O desafio da infecção hospitalar: a tecnologia invade um sistema em

desequilíbrio. Infecção hospitalar e suas interfaces na área da saúde. São Paulo. v.1, p.

-159, nov. 2000.

FRACAROLLI, F. L.; OLIVEIRA, S. A.; MARZIALE, M. H. P. Colonização bacteriana e resistência antimicrobiana em trabalhadores de saúde: revisão integrativa. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 30, n. 6, p. 651-657, nov/dec. 2017.

FRY, D. E.; BARIE, P.S. The changing face of Staphylococcus aureus: a continuing surgical challenge. Surgical Infections, v. 12, n. 3, p. 191-203, 2011.

GORDON, J. R.; LOWY, F. D. Pathogenesis of methicillin-resistant Staphylococcus aureus infection. Clinical Infectious Diseases, v. 46, n. 5, p. 350-359, 2008.

GOSBELL, I. B. Diagnosis and management of catheter related bloodstream infections due to Staphylococcus aureus. Internal Medicine Journal, v. 35, p. 45-62, nov. 2005.

GUILARDE, A.; TURCHI, M.; MARTELLIi, C.; PRIMO M. Staphylococcus aureus

bacteremia: incidence, risk factors and predictors for death in a Brazilian teaching hospital.

Journal of Hospital Infection. Estados Unidos, v. 63, p.330-336, jul. 2014.

MUTO, C. A. et al. SHEA guideline for preventing nosocomial transmission of multidrug-

resistant strains of Staphylococcus aureus and Enterococcus. Infection Control Hospital

Epidemiology, Estados Unidos v. 24, n.2, p. 362-86, 2003.

OLIVEIRA, A.C., BETTCHER, L. Aspectos epidemiológicos da ocorrência do Enterococcus resistente a Vancomicina. Revista da Escola de Enfermagem USP, v. 44, n. 3, p. 725-31, 2010.

OLIVEIRA, Daiane Buzatto; BOMBANA, Camila Cristina; RODRIGUES, Guilherme de Almeida Garcia; GONÇALVES, Rafaela Juliane; PARUSSOLO, Leandro. Caracterização de Staphylococcus aureus isolados da barra de mão de carrinhos e alças de cestas de supermercados. Revista Ciência Farm Básica Apl. v. 36, p. 407-412, 2015.

PEACOCK, Sharon J.; PATERSON, Gavin K. Mechanisms of methicillin resistance in Staphylococcus aureus. Annual review of biochemistry, v. 84, p. 577-601, 2015.

PORTER R., SUBRAMANI K., THOMAS A,N., CHADWICK P. Nasal carriage

of Staphylococcus aureus on admission to intensive care: incidence and prognostic

significance. Intensive Care Medicine. Estados Unidos, v.29, n.4, p.655-658, abr. 2003.

ROSSOLINI, G.M.; ARENA, F.; PECILE, P.; POLLINI S. Update on the antibiotic

resistance crisis. Clinical Opin Pharmacol, Estados Unidos, v. 18, p. 56-60, out. 2014.

SANTOS, A. L. D. et al. Staphylococcus aureus: visitando uma cepa de importância hospitalar. Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, v. 43, n. 6, p.413-423, 2007.

SANTOS, D. M.; JUNIOR, A. R. C.; CUTRIM, B. S.; OLIVEIRA, P. V.; SAMINEZ, W. F. S; SILVA, L. C. N. Novas abordagens experimentais para o combate de infecções causadas por Staphylococcus aureus. Rev Investig Biomed. São Luís, v. 10, n. 1, p. 93-100, 2018.

SCHIMIDT, D. B. Pressão seletiva antimicrobiana e a expressão da resistência à oxacilina em Staphylococcus aureus. 2017. Dissertação (Programa de pós-graduação mestrado acadêmico em microbiologia e parasitologia aplicadas), Universidade Federal Fluminense, 2017.

SHORR, A.F. Epidemiology and economic impact of methicillin resistant Staphylococcus

aureus: review and analysis of the literature. Pharmacoeconomics. Estados Unidos, v. 25,

n.9, p. 751-768, set. 2007.

SIMÕES, C. M. S. B. Infecções hospitalares bacterianas no século XXI. 2016. 113 f . Dissertação de mestrado- Universidade Fernando Pessoa, Faculdade de Ciências da Saúde, Porto, fev. 2016.

SILVA, E.R. Genotipagem e avaliação do potencial enterotoxigênico de amostras de

Staphylococcus aureus isoladas de mastite caprina e bovina. Tese (Doutorado em Ciência

Animal) – Escola de Veterinária, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte,

MG, 2011.

TELES, J. F.; SOUSA, B. V. N.; OLIVEIRA, E. F. Revisão: Medidas de prevenção à infecção hospitalar em unidades de terapia intensiva. Enfermagem Brasil, v. 19, n. 1, p. 67-74, jan 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)