Tuberculose: história e evolução dos tratamentos da doença

Main Article Content

Antonio Carlos Massabni
Eduardo Henrique Bonini

Resumo

A tuberculose (TB) é uma doença infectocontagiosa causada pela micobactéria do gênero Mycobacterium, sendo a espécie Mycobacterium tuberculosis (Mtb) a mais comum. A TB afeta principalmente os pulmões, mas pode afetar praticamente todos os órgãos do corpo. É uma das doenças que mais causa mortes no mundo, sendo a mais letal causada por um único agente infeccioso e acomete 1/3 da população mundial. Cerca de 10 milhões de pessoas desenvolvem a doença no mundo todo e dois milhões morrem anualmente. Os objetivos deste trabalho são apresentar o histórico da doença, desde seus primeiros registros até o aparecimento dos tipos multidrogas-resistentes, sua epidemiologia e imunologia, o mecanismo de ação do bacilo de Koch, a busca por novas drogas e vacinas, as principais formas de tratamento e atualizar as informações identificadas nos artigos publicados na literatura sobre o tema até o ano de 2018, através de extensa pesquisa bibliográfica em relatórios e bases de dados nacionais e internacionais. Os marcos da Estratégia para o Fim da TB no mundo até 2035 só poderão ser alcançados se serviços de diagnóstico, tratamento e prevenção da TB forem fornecidos em nível universal e se houver mobilização de vários setores da sociedade (em diferentes níveis: individual, comunitário e político) para diminuir fatores socioeconômicos que induzem a proliferação da doença. Um dos desafios para eliminar a progressão da TB no mundo é o surgimento de Mtb resistente aos fármacos tradicionais, sendo urgentemente necessário o desenvolvimento de drogas antiTB de ação mais potente e rápida com novos modos de ação para superar a resistência cruzada com a atual medicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Massabni, A. C., & Bonini, E. H. (2019). Tuberculose: história e evolução dos tratamentos da doença. Revista Brasileira Multidisciplinar, 22(2), 6-34. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2019.v22i2.678
Seção
Artigos de Revisão