Análise microbiológica em cenoura e abobrinha minimamente processadas e comercializadas em Uberlândia-MG

Camilla Augusta Machado, Helisângela de Almeida Silva, Ana Carolina Marques Ferreira, Poliana Ribeiro De Carvalho, Claudete Freitas

Resumo


Alimentos minimamente processados são aqueles que tenham sofrido algum tipo de alteração em sua matéria prima, mantendo a qualidade do produto in natura. Este produto, devido ao seu processamento, sofre alterações microbiológicas que são de extrema importância, uma vez que sua contaminação pode gerar doenças transmitidas por alimentos. O presente estudo teve como objetivo analisar microbiologicamente alimentos minimamente processados (cenoura e abobrinha) comercializados em supermercados da cidade de Uberlândia-MG. Para a análise foi realizada a contagem de mesófilos, coliformes totais e termotolerantes, avaliação da presença de Staphylococcus coagulase positiva e Salmonella spp., além de outras bactérias da família Enterobacteriaceae. Apenas uma amostra de cenoura apresentou contaminação por coliformes termotolerantes acima do limite permitido pela legislação, Staphylococcus coagulase positiva e Salmonella spp. não foram encontrados em nenhum dos alimentos e as principais bactérias isoladas nas hortaliças foram Pantoea spp., Serratia spp. e Providencia spp. Concluímos que a maioria das amostras estava em conformidade com a legislação vigente.


Palavras-chave


Coliformes; Microbiologia de Alimentos; Salmonella

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2018.v21i3.586

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340