A importância da incorporação do óleo de cenoura em sistemas líquidos cristalinos contendo a cisplatina como alternativa para o tratamento do câncer de pele: uma revisão da literatura

Main Article Content

Brenda Ariane Pagin
Natália de Mendonça
Isadora Frigieri
Bruna Galdorfini Chiari-Andréo
Thalita Pedroni Formariz Pilon

Resumo

O câncer de pele é definido pelo crescimento desordenado das células que a constituem. Por meio das alterações genéticas sofridas, as células cancerosas comportam-se de maneira descontrolada, multiplicando-se, no processo denominado carcinogênese. Há diversas formas de tratamento para essa neoplasia, mas a principal é o tratamento com agentes químicos citotóxicos, como a cisplatina, fármaco modelo para esta revisão de literatura. A cis-diaminodicloroplatina II possui alta eficácia ao combate ao câncer, porém resulta em diversos efeitos adversos, devido a propriedade de citotoxicidade, causando danos ao organismo e para as células saudáveis. Neste contexto, esse artigo tem como objetivo mostrar, através de uma revisão de literatura, a importância da incorporação do óleo de cenoura, rico em carotenoides, como fase oleosa, em sistemas nanoestruturados contendo o fármaco modelo cisplatina como alternativa para o tratamento do câncer de pele. Esse artigo foi baseado em revisão de literaturas idôneas e confiáveis,. Os resultados obtidos mostram a redução de efeitos adversos através da incorporação de antioxidantes, como no caso do óleo de cenoura. Desta forma, seria possível evitar a formação de cadeias de oxidação à nível celular e a promover a eliminação de radicais livres. Assim, pode-se sugerir que a incorporação do óleo de cenoura em sistemas nanoestruturados pode resultar em proteção a células sadias, além de controlar o crescimento tumoral do carcinoma cutâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Pagin, B. A., de Mendonça, N., Frigieri, I., Chiari-Andréo, B. G., & Pilon, T. P. F. (2018). A importância da incorporação do óleo de cenoura em sistemas líquidos cristalinos contendo a cisplatina como alternativa para o tratamento do câncer de pele: uma revisão da literatura. Revista Brasileira Multidisciplinar, 21(2), 125-136. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2018.v21i2.485
Seção
Artigos de Revisão
Biografia do Autor

Bruna Galdorfini Chiari-Andréo, Universidade de Araraquara - Uniara

Docente da Universidade de Araraquara - UNIARA nos cursos de graduação em Farmácia, Estética e Cosmética e Biomedicina, pós-graduação presencial em Estética Facial a Corporal, além de cursos de pós-graduação a distância (EAD) na área de Cosmetologia e Estética. Possui graduação em Biotecnologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2008), graduação em Farmácia pelo Centro Universitário de Araraquara (2014), mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2011) e doutorado em Ciências Farmacêuticas pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara - Unesp (2014). Atualmente realiza seu estágio pós-doutoral na Faculdade de Ciências Farmacêuticas - UNESP - Araraquara. Tem experiência na área de Cosmetologia, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento de cosméticos, fitocosméticos, antioxidantes, análise de eficácia e segurança de produtos cosméticos.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)